sicnot

Perfil

Economia

Ajuda do FMI a Angola vai pagar salários em atraso na construção civil

O dinheiro que o FMI vai emprestar a Angola vai pagar os salários em atraso na construção civil.

© Stringer . / Reuters

Segundo o presidente do Sindicato da Construção de Portugal, o embaixador de Angola em Lisboa prometeu dar prioridade ao setor assim que o país receber ajuda financeira do Fundo.

O setor da construção civil atravessa um período muito complicado em Angola, devido à crise motivada pela queda persistente dos preços do petróleo.

A falta de divisas levou a que várias obras públicas fossem suspensas ou mesmo canceladas.

Cerca de 90% dos 110 mil trabalhadores do setor têm salários em atraso.

  • Desespero e euforia marcaram o 8.º dia de Mundial
    0:50
  • Comprava uma bola de futebol com 9 mil cristais Swarovski?
    2:51
  • Lisboa vence prémio Capital Europeia Verde de 2020

    País

    A cidade de Lisboa venceu o prémio de Capital Europeia Verde de 2020, anunciou o comissário da União Europeia para o Ambiente, Assuntos Marítimos e Pescas, Karmenu Vella, numa cerimónia que decorreu em Nijmegen, na Holanda.

  • Trump culpa democratas pela separação de pais e filhos
    0:22