sicnot

Perfil

Economia

Termina amanhã o prazo de entrega do IRS para trabalhadores dependentes e pensionistas

Os trabalhadores dependentes e os pensionistas têm até amanhã para entregar as declarações de IRS referentes aos rendimentos de 2015, em papel ou através do Portal das Finanças, segundo informação da Autoridade Tributária e Aduaneira.

De acordo com o calendário fiscal publicado no Portal das Finanças, termina este sábado o prazo para que os sujeitos passivos com rendimentos da categoria A (trabalho dependente) e H (pensões), entreguem, "por transmissão eletrónica de dados ou em suporte de papel" a sua declaração de IRS (Imposto sobre o Rendimento das Pessoas Singulares).

Caso o contribuinte tenha auferido rendimentos destas categorias provenientes do estrangeiro deve juntar à declaração o anexo J e se tiver benefícios fiscais, deduções à coleta, acréscimos ou rendimentos isentos sujeitos a englobamento deve juntar o anexo H, escrevem as Finanças.

Até quinta-feira, segundo dados publicados no Portal das Finanças, foram submetidos mais de 2,9 milhões de declarações de IRS de trabalhadores dependentes e pensionistas.

Segundo o Ministério das Finanças, os contribuintes que entregaram as declarações de IRS nos primeiros dias do mês de abril devem receber os respetivos reembolsos durante esta semana.

"O primeiro conjunto de reembolsos de IRS foi já autorizado no final da semana passada", disse à Lusa fonte da tutela, acrescentando que "os contribuintes visados deverão receber os devidos reembolsos durante esta semana".

O prazo para a entrega do IRS teve início depois de um período de 15 dias, durante o qual os contribuintes puderam reclamar dos valores das despesas de IRS inscritos na página disponibilizada no Portal das Finanças.

Em maio, decorre a segunda fase de entrega do IRS (trabalhadores independentes e outras categorias).

Lusa

  • Divorciados vão poder dividir filhos no IRS 

    Economia

    Os divorciados vão passar a poder dividir os filhos no IRS (imposto sobre o rendimento singular) e o Governo está a estudar soluções para que em 2018 haja um novo sistema para lidar com a guarda conjunta de filhos.

  • "Os governos são diferentes mas o povo é o mesmo"
    0:45

    Economia

    O Presidente da República atribui o resultado do défice do ano passado ao espírito de sacrifício do povo português. Num jantar em Coimbra para assinalar o Dia do Estudante, Marcelo Rebelo de Sousa considerou ainda que o valor do défice de 2016 é a prova de que com governos diferentes conseguem-se os mesmos objetivos.

  • Recuo na saúde é primeira derrota de peso para Donald Trump
    1:18

    Mundo

    O Presidente norte-americano sofreu esta sexta-feira uma derrota de peso. O líder da Câmara dos Representantes retirou a proposta do plano de saúde de Trump, que se preparava para um chumbo na câmara baixa do Congresso. Para já, mantém-se o Obamacare.

  • Pai do piloto da Germanwings defende inocência do filho

    Mundo

    O pai de Andreas Lubitz declarou esta sexta-feira que o filho não é o responsável pelo embate do avião da Germanwings contra um local montanhoso, que fez 150 mortos. O Ministério Público alemão concluiu em janeiro que o incidente em 2015 foi apenas da responsabilidade do piloto.