sicnot

Perfil

Economia

É proibido arrendar apartamentos (inteiros) pelo Airbnb em Berlim

As autoridades de Berlim proibiram o arrendamento de curta duração de apartamentos na cidade através do Airbnb. Desde 1 de maio, os senhorios que arrendarem através desta plataforma sem o devido pedido de autorização arriscam-se a uma multa que pode ir até aos 100 mil euros.

reuters

A lei já foi aprovada em 2014, mas previa um período de transição que acabou a 30 de abril. Só se aplica porém, a apartamentos por inteiro e não a um ou mais quartos. Os turistas podem arrendar pelo Airbnb quartos, mas não apartamentos.

O responsável pela pasta do Desenvolvimento Urbano da cidade, Andreas Geise, explica que a medida "é necessária" para "manter as rendas acessíveis" e "devolver os apartamentos desviados às pessoas de Berlim e aos recém-chegados”.

Berlin apelou, entretanto, aos residentes para denunciarem de forma anónima quem violar a nova lei.

De acordo com o The Independent, a taxa de apartamentos disponíveis do Airbnb já diminuiu 40%.

  • Aplicação WhatsApp acusada de permitir conversas secretas entre terroristas
    1:45
  • "Um Lugar ao Sol"
    17:05
    Perdidos e Achados

    Perdidos e Achados

    SÁBADO NO JORNAL DA NOITE

    O Perdidos e Achados foi conhecer como eram as férias de outros tempos. Quando o Estado Novo controlava o lazer dos trabalhadores e criava a ilusão de um país exemplar. Na Costa de Caparica, onde é hoje o complexo do INATEL estava instalada a maior colónia de férias do país, chamava-se "Um Lugar ao Sol".