sicnot

Perfil

Economia

Trabalhadores de handling hoje em marcha de protesto

Os trabalhadores de handling da Portway e SPdH/Groundforce realizam uma hoje uma ação de luta conjunta denominada Marcha do Handling, em Lisboa, para exigirem a negociação de um contrato coletivo de trabalho que "traga estabilidade".

(Arquivo)

(Arquivo)

LUSA

Na sequência deste protesto, a ANA - Aeroportos apelou esta terça-feira aos passageiros que têm voos previstos para o período entre as 10:00 e as 11:30 para se deslocarem para o aeroporto de Lisboa com antecedência, admitindo que possa haver constrangimentos causados pela concentração de trabalhadores.

Para evitar constrangimentos, a ANA - Aeroportos de Portugal "alerta os passageiros que tenham voos previstos para o período em causa para que, face ao contexto, se desloquem para o Aeroporto de Lisboa com maior antecedência", lê-se num comunicado emitido pela gestora dos aeroportos.

Cumprindo a decisão dos plenários de trabalhadores realizados a 18 de abril, o Sindicato dos Trabalhadores da Aviação e Aeroportos (SITAVA) convocou uma ação de protesto conjunta dos trabalhadores de 'handling' (assistência nos aeroportos), que se irão concentrar no Aeroporto de Lisboa para também exigirem o fim da precariedade e dos baixos salários, que atinge mais de 1.600 trabalhadores do setor.

O sindicato marcou também uma greve para o setor do 'handling para 4 de maio', que na Portway se cumpre entre as 05:00 e as 17:00 horas, enquanto na empresa SPdH/Groundforce realiza-se entre as 10:00 e as 15:00 horas.

No passado dia 27 de abril, o presidente do Conselho de Administração da Portway, Jorge Ponce de Leão, disse no parlamento que a empresa de 'handling' esperava readmitir os trabalhadores afetados pelo despedimento coletivo dentro de quatro a cinco anos, quando recuperasse os atuais níveis de atividade.

Lusa

  • "Burlão do amor" acusado de tirar 450 mil euros a amante
    2:21

    País

    Um homem com cerca de 50 anos é acusado de tirar 450 mil euros a uma mulher com quem começou por ter uma relação profissional. Ele pedia, ela emprestava. Anos depois, ela ficou insolvente, com dívidas à banca de 214 mil euros e sem emprego. O homem é arguido, nega a relação amorosa entre ambos, mas admite ter recebido dinheiro dela. Garante, no entanto, que tenciona pagar o que deve.

  • Porto Editora acusada de discriminação
    2:55
  • Duas pessoas alvejadas devido a disputa de linha de água em Cabeceiras de Basto
    1:23

    País

    Duas pessoas foram alvejadas por causa de uma disputa de uma linha de água, esta terça-feira, em Cabeceiras de Basto. O suspeito escondeu-se num barracão, mas acabou por ser detido pela GNR. As vítimas sofreram ferimentos ligeiros no braço e no peito. O tenente André Rodrigues, do Comando de Braga, revelou que os disparos foram feitos com uma caçadeira.

  • Governo quer entregar OE 2018 a 13 de outubro
    1:33
  • Casa Branca isolada devido a pacote suspeito

    Mundo

    A Casa Branca foi esta terça-feira isolada devido à presença de um pacote suspeito junto a uma das vedações que limitam o edifício governamental norte-americano. A situação já foi normalizada e o objeto retirado do local.

  • Três irmãos resgatados dos escombros em Itália
    1:24
  • Participante no incidente em Charlottesville teme pela vida
    1:43

    Mundo

    Um dos participantes nos incidentes em Charlottesville e membro de um grupo de extrema-direita supremacista teme vir a ser detido ou até morto, pelas declarações que fez durante uma reportagem da Vice News, que se tornou viral nas redes sociais.