sicnot

Perfil

Economia

Trabalhadores de handling hoje em marcha de protesto

Os trabalhadores de handling da Portway e SPdH/Groundforce realizam uma hoje uma ação de luta conjunta denominada Marcha do Handling, em Lisboa, para exigirem a negociação de um contrato coletivo de trabalho que "traga estabilidade".

(Arquivo)

(Arquivo)

LUSA

Na sequência deste protesto, a ANA - Aeroportos apelou esta terça-feira aos passageiros que têm voos previstos para o período entre as 10:00 e as 11:30 para se deslocarem para o aeroporto de Lisboa com antecedência, admitindo que possa haver constrangimentos causados pela concentração de trabalhadores.

Para evitar constrangimentos, a ANA - Aeroportos de Portugal "alerta os passageiros que tenham voos previstos para o período em causa para que, face ao contexto, se desloquem para o Aeroporto de Lisboa com maior antecedência", lê-se num comunicado emitido pela gestora dos aeroportos.

Cumprindo a decisão dos plenários de trabalhadores realizados a 18 de abril, o Sindicato dos Trabalhadores da Aviação e Aeroportos (SITAVA) convocou uma ação de protesto conjunta dos trabalhadores de 'handling' (assistência nos aeroportos), que se irão concentrar no Aeroporto de Lisboa para também exigirem o fim da precariedade e dos baixos salários, que atinge mais de 1.600 trabalhadores do setor.

O sindicato marcou também uma greve para o setor do 'handling para 4 de maio', que na Portway se cumpre entre as 05:00 e as 17:00 horas, enquanto na empresa SPdH/Groundforce realiza-se entre as 10:00 e as 15:00 horas.

No passado dia 27 de abril, o presidente do Conselho de Administração da Portway, Jorge Ponce de Leão, disse no parlamento que a empresa de 'handling' esperava readmitir os trabalhadores afetados pelo despedimento coletivo dentro de quatro a cinco anos, quando recuperasse os atuais níveis de atividade.

Lusa

  • Benefícios fiscais trouxeram a Portugal 10 mil estrangeiros em 2015

    Economia

    Os benefícios fiscais em Portugal atraíram mais de 10 mil estrangeiros no ano passado. A maioria vem com o estatuto de residente não habitual, que dá isenção total de IRS aos reformados por dez anos e 20% de isenção no imposto para profissionais que estiverem ligados a atividades de valor acrescentado como Psicologia, Investigação ou Medicina.

  • Trump e os jornalistas: uma relação (su)rreal
    2:08
  • Novo campo de refugiados construído em Mossul

    Mundo

    Um novo campo de refugiados foi construído em Mossul, no Iraque. Com cerca de 4 mil tendas, foi construído durante 45 dias para albergar os deslocados que se prevê que aumentem com a atual ofensiva militar na zona ocidental da cidade.