sicnot

Perfil

Economia

Banco de Portugal não deve estar envolvido na venda do Novo Banco, defende Livro Branco

O Livro Branco do Banco de Portugal defende que deve ser uma entidade autónoma, controlada pelo Ministério das Finanças, a vender ativos ou bancos de transição, como o Novo Banco, deixando o banco central de ter essa competência.

© Rafael Marchante / Reuters

Recordando os dois recentes processos de resolução de bancos existentes em Portugal, o do Banco Espírito Santo (BES) e o do Banif, os autores do Livro Branco sobre a Regulação e a Supervisão do Setor Financeiro referem que ambos mostraram as "desvantagens de ser a entidade encarregada da regulação e da supervisão (...) a executar simultaneamente as medidas de resolução, nomeadamente a venda de ativos ou de bancos de transição".

O Livro Branco fala do primeiro processo de venda do Novo Banco para dizer que o Banco de Portugal (BdP) "ficou na posição de ter de escolher entre diferentes propostas apresentadas por entidades em cuja supervisão participa", o que "deu origem a um percetível desconforto no mercado".

Assim, defende o documento, deve ser uma entidade autónoma no âmbito do Ministério das Finanças a assumir as vendas de ativos ou de bancos de transição decorrentes de resgates bancários.

O Livro Branco sobre a Regulação e Supervisão Financeira, hoje publicado pelo Banco de Portugal, foi promovido por determinação do governador, mas a instituição refere que "as recomendações expressas são da exclusiva responsabilidade dos seus autores".

O Livro Branco do Banco de Portugal defende que o Fundo de Resolução bancário deve sair da dependência do Banco Central, referindo o "desconforto" do Banco de Portugal na primeira tentativa de venda no Novo Banco.

A autonomização do Fundo de Resolução face ao Banco de Portugal já foi defendida publicamente pelo governador, Carlos Costa.

O documento foi coordenado pelo consultor do Banco de Portugal Rui Cartaxo.

Lusa

  • Quem deve ser o próximo treinador do FC Porto?

    Desporto

    Nuno Espírito Santo já não é treinador do FC Porto. O técnico e o clube chegaram a acordo mútuo para a rescisão do contrato, que o ligava por mais uma temporada aos dragões. Nuno Pinto da Costa tem agora que encontrar um novo treinador para orientar dos "dragões". Os nomes em cima da mesa são vários. Diga-nos quem deve ser o novo treinador do FC Porto.

  • Os treinadores do FC Porto desde o último título 

    Desporto

    Nunca o FC Porto esteve quatro anos consecutivos sem ganhar um título durante a presidência de Nuno Pinto da Costa. A ausência de vitórias teve início na época de 2013/14, quando começou uma autêntica dança de treinadores.

  • Julgamento do caso BPN deverá terminar quarta-feira
    4:38

    Economia

    O acórdão do processo principal do BPN vai ser tornado público esta quarta-feira, depois de quase sete anos de audições. O rosto principal é o de José Oliveira Costa mas há outros 14 arguidos sentados no banco dos réus.

  • "Michel Temer nunca teve vergonha, não tem cara de pessoa de bem"
    3:04

    Opinião

    Miguel Sousa Tavares analisou no habitual espaço de comentário do Jornal da Noite  da SIC, o escândalo com o Presidente do Brasil, Michael Temer. O comentador diz que já era previsível que Temer fosse apanhado com "o pé na poça" e afirma que o Presidente brasileiro nunca teve qualquer tipo de vergonha. Miguel Sousa Tavares fez ainda referência ao facto de Dilma Rousseff ser, entre todos os políticos brasileiros, a única que não tem processos contra ela.

    Miguel Sousa Tavares

  • Leão-marinho arrasta criança de doca em Vancouver
    0:51

    Mundo

    O momento em que um leão-marinho arrasta uma menina para a água foi gravado e publicado na internet. Sem nada que fizesse prever, o animal puxou a criança que estava sentada numa doca em Vancouver, no Canadá. A criança foi resgatada de imediato por um familiar e apesar do susto não sofreu ferimentos. O momento de aflição foi testemunhado por vários turistas.