sicnot

Perfil

Economia

Estivadores mantêm greve porque consideram que nada mudou

Estivadores mantêm greve porque consideram que nada mudou

Os estivadores mantêm a greve, que se prolonga até 27 de maio. O Sindicato considera que nada se alterou, no que diz respeito aos fundamentos que os levaram à paralisação e, acrescentam ainda que os serviços mínimos estão a ser cumpridos. Dizem que muito provavelmente a greve só terminará com uma decisão política. António Mariano, presidente do Sindicato dos Estivadores, fala sobre o assunto.

  • Greve dos estivadores já dura há duas semanas
    1:54

    Economia

    A greve dos estivadores está a prejudicar a indústria alimentar e a confederação empresarial teme que o consumo de bens essenciais fique comprometido. A paralisação dura há duas semanas e até agora não há acordo entre os estivadores e o Governo.

  • Estivadores e Governo não chegaram a acordo

    País

    Os estivadores e o Governo não chegaram a acordo esta tarde para resolver a situação que leva à greve nos portos nacionais. A greve dura já há mais de duas semanas e pode prolongar-se até 27 de maio, pelo menos essa é a data que consta no pré-aviso entregue.

  • Greve dos estivadores pode levar a escassez de bens alimentares
    2:06

    Economia

    A paragem no Porto de Lisboa dura há uma semana e deverá prolongar-se até 27 de Maio. A indústria alimentar avisa que já há rutura de stocks na alimentação animal e que a escassez pode chegar à indústria panificadora. O setor fala em milhões de prejuízos caso paralisação se mantenha na próxima semana.

  • Governo impõe os serviços mínimos no Porto de Lisboa
    2:13

    Economia

    O Governo vai impor os serviços mínimos no Porto de Lisboa em resposta à greve dos estivadores que dura há mais de uma semana e que entretanto foi alargada até ao dia 27 de Maio. A tutela entende que a paragem total do Porto de Lisboa está a por em causa o abastecimento dos Açores e da Madeira.

  • Tiroteio no Mississipi provoca oito mortos
    1:23

    Mundo

    Oito pessoas morreram, incluindo um polícia, depois de um tiroteio no estado norte-americano do Mississipi, nos Estados Unidos da América. O suspeito, um homem de 36 anos, já foi detido, mas as autoridades dizem que ainda é cedo para saber os motivos.

  • Portugal vai voltar a poder levantar a voz em Bruxelas
    1:40

    Economia

    Carlos Moedas diz que Portugal vai voltar a poder levantar a voz em Bruxelas a propósito da saída do procedimento por défice excessivo. Em entrevista ao Diário de Notícias e à TSF, o comissário europeu levanta dúvidas sobre a renegociação da dívida e garante que a escolha de Mário Centeno para a liderança do Eurogrupo vai depender do entendimento dos países do euro.

  • Trump adia decisão sobre permanência nos acordos de Paris
    1:48
  • Polícia usa gás lacrimogéneo para dispersar manifestantes contra cimeira do G7
    2:28

    Mundo

    A cimeira do G7 terminou este sábado com confrontos entre manifestantes e a polícia na ilha italiana da Sicília e sem o compromisso de Donald Trump sobre o Acordo de Paris para a redução de emissões de dióxido de carbono. O Presidente dos EUA fez saber na rede social Twitter que vai tomar a decisão final durante a próxima semana.