sicnot

Perfil

Economia

Cristas desafia Costa para revisão semanal do imposto sobre combustíveis

A líder do CDS-PP, Assunção Cristas, desafiou hoje o primeiro-ministro, António Costa, a rever o imposto sobre os combustíveis semanalmente, considerando "inadmissível" a baixa em um cêntimo, mas o chefe de Governo reiterou que o compromisso feito foi de uma revisão trimestral.

TIAGO PETINGA/LUSA

VEJA AQUI O DEBATE EM DIRETO

"Nestes três meses os portugueses pagaram muito acima do que já lhes tinha sido imposto pelo aumento dos seis cêntimos. Justo seria devolver essa diferença, admito que seja muito difícil, mas pergunto-lhe: está disponível ao menos para rever o valor do imposto semanalmente, em linha com a informação semanal da Entidade Reguladora do Mercado de Combustiveis?", questionou Assunção Cristas na abertura do debate quinzenal com o Governo no parlamento.

António Costa respondeu afirmando que ninguém acreditou que o Governo descesse o imposto sobre os combustíveis "porque nunca ninguém baixou esse imposto" e sublinhou que a variação entre janeiro e abril foi uma redução de quatro cêntimos e o imposto foi reduzido de acordo com a compensação de receita do IVA, como tinha sido estabelecido.

No mesmo sentido, o primeiro-ministro frisou que aquilo que tinha sido o compromisso do Governo era uma revisão trimestral, recusando o desafio da líder centrista de uma revisão semanal.

Cristas argumentou que quando os preços de referência dos combustíveis subiram 10% desde o início do ano o Governo baixou o imposto em 0,8%.

"É inadmissível, tal como é inadmissível esperar três meses por um ajustamento", declarou.

Com Lusa

  • BE acusa direita de bloquear atual comissão à CGD
    1:37

    Caso CGD

    O Bloco de Esquerda acusa a oposição de estar a fazer tudo para impedir as conclusões da comissão de inquérito sobre a Caixa Geral de Depósitos que está em curso. Numa altura em que PSD e CDS já entregaram o requerimento para avançar com uma segunda comissão, Catarina Martins defende que ainda há muita coisa por apurar sobre o processo de recapitalização do banco público.

  • Visita de Costa a Angola pode estar em risco
    2:26

    País

    A visita de António Costa a Luanda poderá estar em risco devido à acusação da justiça portuguesa contra o vice-Presidente de Angola. O jornal Expresso avança que o comunicado com a reação dura do Governo angolano é apenas o primeiro passo e que pode até estar a ser preparado um conjunto de medidas contra Portugal. Para já, o primeiro-ministro português desvaloriza a ameaça e mantém a visita marcada para a primavera.