sicnot

Perfil

Economia

Governo quer injetar 4 mil M€ na CGD

O Governo quer injetar 4 mil milhões de euros na Caixa Geral de Depósitos (CGD). A notícia é avançada pelo Expresso que diz que o novo presidente do banco do Estado terá colocado esta injecção de capital como condição para aceitar o cargo.

(Reuters/Arquivo)

(Reuters/Arquivo)

Reuters

O montante ultrapassa as necessidades de capital, premitindo criar uma almofada de segurança. O aumento de capital depende ainda da autorização de Bruxelas.

António Costa, escreve o semanário, já terá dado também carta branca a António Domingues, que vem do BPI, para escolher a equipa com que vai trabalhar na Caixa.

CGD reduzi 529 trabalhadores e 36 agências nos últimos 12 meses

A CGD reduziu o quadro de pessoal em 529 funcionários para 8.370 trabalhadores e o número de agências em 36 para 732 em Portugal entre março de 2015 e o mesmo mês deste ano.

Só no ano de 2015 saíram da operação doméstica da CGD 514 pessoas, e entre janeiro e abril mais 103 colaboradores. Quanto aos balcões, foram encerrados 34 desde o início do ano, informou hoje o banco público.

A 'fatia de leão' dos trabalhadores que saíram do banco é referente ao Plano Horizonte, o programa de reformas antecipadas da CGD que atraiu mais de 1.000 funcionários (mas nem todos as candidaturas voluntárias foram aceites pela administração) e que foi lançado em 2015 e vai ser fechado em 2016.

As restantes saídas são na sua maioria relativas a processos normais de reformas.

Com Lusa

  • Corpos de portuguesas trasladados segunda-feira 
    1:27
  • Incendiários vão passar o verão com pulseira eletrónica

    País

    Os tribunais vão poder condenar os incendiários a penas de prisão domiciliária, com pulseira eletrónica, durante as épocas de incêndio. A nova lei foi aprovada na semana passada, na Assembleia da República, e aguarda a promulgação do Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa.

  • Estado vai tomar posse de terras abandonadas

    País

    O Governo vai recorrer ao Código Civil para permitir que o Estado tome posse de terras ao abandono. À margem da entrevista ao Expresso, o primeiro-ministro anunciou que o Governo irá acionar o artigo 1345º do Código Civil, que estabelece que as coisas imóveis sem dono conhecido se consideram do património do Estado.

  • "Trump, deixe-me ajudá-lo a escrever o discurso"
    0:47

    Mundo

    Arnold Schwarzenegger diz que Donald Trump tem o dever moral de se opor ao ódio e ao racismo. Num vídeo publicado nas redes sociais, o ator norte-americano e antigo governador da Califórnia encenou o discurso que Donald Trump devia ter. 

  • Hino da SIC tocado pela viola beiroa
    2:22