sicnot

Perfil

Economia

Complemento solidário chegou a menos 2.554 idosos em abril

O número de idosos que recebe o Complemento Solidário baixou em abril, mês em que abrangeu 161.655 beneficiários, menos 2.544 do que em março, revelam dados do Instituto da Segurança Social (ISS).

As mais recentes estatísticas da Segurança Social (ISS), atualizadas a 20 de abril, apontam uma diminuição de 1,5% face a março, mês em que 164.199 idosos beneficiaram desta prestação social.

Comparando com abril do ano passado, verificou-se uma quebra de 3,1%, passando de 166.786 para os atuais 161.655, o que representou menos 5.131 idosos a receberem esta prestação social.

As mulheres representam a maioria dos beneficiários, totalizando 113.168, adiantam os dados publicados no 'site' da Segurança Social.

A maior parte dos beneficiários reside no distrito do Porto (26.069), seguindo de Lisboa (23.985) e de Braga (12.227).

O Complemento Solidário para Idosos é um apoio em dinheiro pago mensalmente às pessoas com mais de 66 anos, com baixos recursos financeiros.

Em janeiro, o valor de referência do Complemento Solidário para Idosos aumentou para os 5.059,00 euros por ano, ou seja 421,58 euros por mês.

Lusa

  • Atacantes usaram "tática defendida pelos extremistas do Daesh"
    1:43

    Ataque em Barcelona

    O ex-presidente do Observatório de Segurança, Criminalidade Organizada e Terrorismo esteve em direto, para a SIC Notícias, onde falou sobre o ataque desta quinta-feira nas Ramblas, em Barcelona. José Manuel Anes falou na tática defendida na revista dos extremistas do Daesh e que foi usada neste ataque: a utilização de viaturas "de preferência as mais pesadas para matar o maior número de pessoas".