sicnot

Perfil

Economia

Marcelo adverte contra "permanente agitação dos analistas"

Marcelo adverte contra "permanente agitação dos analistas"

Questionado sobre a análise da agência de notação financeira Moody´s, hoje divulgada, segundo a qual o défice se deverá fixar nos 3,0%, acima das previsões governamentais de 2,2%, Marcelo Rebelo de Sousa diz que a agitação dos analistas e a especulação são prejudiciais para a estabilidade dos mercados.

A este propósito, o chefe do Estado frisou que por vezes se questiona como é que é possível haver estabilidade dos mercados "se todos os dias há analistas, comentadores e especuladores que se interrogam sobre o que vai acontecer ou não na evolução da economia e das finanças portuguesas".

"Por um lado quer-se a estabilidade e por outro especula-se sobre a instabilidade", observou, considerando que essa é uma das razões da "instabilidade dos mercados internacionais".

"Ainda ontem as bolsas todas sofreram e sofrem por causa dessa permanente agitação dos analistas", afirmou o Presidente da República, que falava aos jornalistas no final de uma visita ao Exército, no Comando das Forças Terrestres, Amadora.

Interrogado sobre que mensagem levará na sua visita oficial à Alemanha, nos próximos dias 29 e 30, o Presidente da República afirmou esperar que a Europa perceba o esforço que os portugueses fizeram e que não os puna por causa do défice do ano passado.

"Eu espero que, por um lado, a Europa perceba o esforço que os portugueses fizeram e os sacrifícios por que passaram e espero que a Europa não puna os portugueses a propósito do défice do ano passado", afirmou.

A segunda mensagem, acrescentou, é a de que a Europa, "o que tem a contar por parte do Presidente da República português é estabilidade política e governativa".

  • Luís Pina indiciado por quatro crimes de tentativa de homicídio
    2:24
  • Ministro "mais descansado" com relatório sobre Almaraz, ambientalistas contestam
    2:01

    País

    O ministro do Ambiente diz estar mais descansado depois de conhecer o relatório técnico que considera o armazém de resíduos nucleares em Almaraz uma solução adequada. Já as associações ambientalistas e os partidos criticam o parecer positivo à construção e querem ouvir os ministros do Ambiente e dos Negócios Estrangeiros no Parlamento.

  • Marcelo recebido por multidão na Ovibeja
    2:52
  • Líderes europeus unidos para iniciar saída do Reino Unido
    2:08
  • 100 dias de Trump em 04'30''
    4:33

    Pequenas grandes histórias

    Donald Trump tomou posse como 45º Presidente dos EUA dia 20 de janeiro de 2017, faz este sábado, 100 dias. Prometeu grandes mudanças, mas os planos acabaram por chocar de frente com a realidade e a burocracia de Washington, como foi o caso do Obamacare. Foi a primeira ordem executiva que assinou, no dia em que tomou posse, mas a revogação está longe de acontecer.