sicnot

Perfil

Economia

Governo espanhol convencido que Comissão Europeia não vai aplicar sanções ao país

O ministro da Economia espanhol, Luis Guindos, afirmou hoje estar "convencido" de que a Comissão Europeia não vai impor "nenhum tipo de sanções a Espanha" face ao desvio do défice público em 2015.

© Eric Vidal / Reuters

A Comissão Europeia adiou, no dia 18, para o início de julho uma decisão sobre eventuais sanções a Portugal e Espanha por défice excessivo em 2015, mantendo-se Portugal sob Procedimento por Défice Excessivo (PDE).

Para Luis Guindos, que falava em conferência de imprensa, a decisão da Comissão Europeia de adiar para julho a decisão de uma eventual multa a Espanha é "perfeitamente legal", reagindo também às declarações do ministro das Finanças alemão, Wolfang Schauble, que afirmou que o governo alemão não está "contente" com a decisão.

"Estou convencido de que não haverá qualquer penalidade contra Espanha", disse, salientando que se o crescimento económico do país continuar nos 3%, Espanha vai sair do procedimento por défice excessivo em 2017.

O ministro insistiu que o caminho definido pela Comissão Europeia é o "compromisso de Espanha" e salientou que, se o crescimento do Produto Interno Bruto (PIB) se mantiver, é possível, "sem medidas adicionais sobre impostos ou gastos públicos", atingir a meta do défice abaixo dos 3% no próximo ano.

Lusa

  • Polícia belga evita ataque em Antuérpia

    Mundo

    Foi hoje detido um homem que tentava conduzir a alta velocidade contra uma multidão numa zona comercial de Antuérpia, na Bélgica. O suspeito já foi identificado, é francês e tinha várias armas no carro.

    Em desenvolvimento

  • Neve corta estradas em Viseu
    2:04
  • Suspeito de homicídio à porta do Luanda foi ouvido em tribunal e ficou em preventiva
    1:36

    País

    O suspeito de ser o autor dos disparos que mataram um jovem junto à discoteca Luanda foi ouvido em tribunal e ficou em prisão preventiva. Segundo a investigação, tudo terá começado com um mero desacato, ainda dentro da discoteca, onde a vítima e o detido foram filmados a discutir. O homem de 23 anos está indiciado por dois crimes de homicídio, um na forma tentada.

  • As vantagens de comprar online
    8:03