sicnot

Perfil

Economia

Costa considera Programa de Reformas chave contra desequilíbrios macroeconómicos

​O primeiro-ministro, António Costa defendeu hoje na Assembleia da República que, se o Programa Nacional de Reformas for executado, Portugal corrigirá a prazo os seus desequilíbrios macroeconómicos e conseguirá ultrapassar bloqueios estruturais ao seu desenvolvimento.

ANT\303\223NIO COTRIM

Esta posição foi assumida por António Costa na abertura do debate quinzenal, depois de se ter dirigido a todas as bancadas parlamentares para cumprimentar as respetivas direções políticas, designadamente o líder do PSD, Pedro Passos Coelho.

O primeiro-ministro centrou parte da sua intervenção nas consequências de médio prazo do Programa Nacional de Reformas do Governo, salientando para o efeito que a Comissão Europeia, no seu mais recente relatório sobre Portugal, considerou que "revela um grau de ambição suficiente para fazer face aos desequilíbrios excessivos".

"Um programa que, ainda segundo a Comissão Europeia, atende às recomendações para a área do euro com incidência na necessidade de relançar o investimento e garantir a sustentabilidade das finanças públicas", prosseguiu António Costa.

Para o primeiro-ministro, o seu executivo está por isso convicto que, "aplicando na íntegra as medidas inscritas no Programa Nacional de Reformas, Portugal corrigirá os desequilíbrios macroeconómicos e ultrapassará os bloqueios estruturais que têm travado o desenvolvimento do país".

"É isso que estamos a fazer. A pôr em prática o programa que marca a viragem face a uma estratégia errada de competitividade pelo empobrecimento seguida nos últimos anos - com os resultados que todos conhecemos - que assume uma política que coloque o país no caminho do crescimento", disse, aqui procurando traçar uma linha de demarcação face ao anterior executivo.

Sobre a ação do seu Governo nos últimos seis meses, António Costa destacou medidas para a modernização do Estado, como o programa "Simplex+, a valorização das funções de soberania, a promoção do Serviço Nacional de Saúde e da escola pública".

O primeiro-ministro falou ainda na adoção de medidas para a promoção da inovação na economia, dando como exemplo o "Start-Up Portugal", que será lançado na primeira semana de junho.

"Pretendemos estimular o empreendedorismo indispensável para o surgimento de empresas inovadoras, que queremos que estejam na base da diversificação do nosso tecido empresarial, essencial ao crescimento económico sustentável e à criação de emprego qualificado. Estão também já em curso os trabalhos em parceria com os principais setores da economia portuguesa para a elaboração do Programa 'Indústria 4.0', com o qual apoiaremos as empresas a prepararem-se para aproveitar as oportunidades de negócio que vão surgir da nova revolução digital", defendeu o líder do executivo.

Na sua intervenção, o primeiro-ministro sustentou ainda que o "Plano 100, até 20 de maio, já fez chegar às empresas 183 milhões de euros, de um total de 450 milhões previstos até final do ano".

"A criação da Unidade de Missão para a Capitalização das Empresas, que no próximo dia 16 de junho apresentará um conjunto de medidas para a resolução do problema de financiamento das empresas e o programa de reabilitação urbana", foram outras medidas, segundo António Costa, adotadas pelo seu executivo ao longo dos últimos seis meses.

"Uma política que permitirá cumprir o triplo desígnio de mais crescimento, melhor emprego e maior igualdade, garantindo uma consolidação saudável e sustentável das nossas finanças públicas", acrescentou.


Lusa

  • Morreu o vocalista da banda Linkin Park

    Cultura

    Um dos vocalistas da banda de metal alternativo Linkin Park, Chester Bennington, morreu, em casa, numa cidade do condado de Los Angeles, aos 41 anos. Chester Bennington ter-se-á suicidado, de acordo com a plataforma TMZ. O músico juntou-se aos Linkin Park em 1999, três anos após a formação da banda, que editou o seu álbum de estreia, "Hybrid Theory", em 2000. O disco, do qual fazem parte temas como "In the End", "Crawling" e "One Step Closer", vendeu dez milhões de cópias só nos Estados Unidos.

  • O perfil do novo herói do surf português
    3:43
  • "Temos de melhorar o sistema de prevenção e combate dos incêndios"
    18:07

    País

    O ministro da Agricultura, Luís Capoulas Santos, foi convidado da Edição da Noite da SIC Notícias, desta quinta-feira. Em análise esteve o chumbo do PCP na criação de um banco nacional de terras, a reforma da floresta em Portugal, as falhas no sistema de comunicação do SIRESP, a lei da rolha nos bombeiros, a seca no país e ainda a pesca da sardinha, que poderá vir a ser proibida durante 15 anos. 

    Entrevista SIC Notícias

  • CGTP acusa PT de ilegalidades no dia da greve
    0:46

    Economia

    A CGTP pede a intervenção do Governo na PT. Esta quinta-feira, na SIC Notícias, Arménio Carlos acusou a empresa de estar a cometer mais uma ilegalidade, ao ter requisitado trabalhadores para cumprir serviços mínimos uma semana antes do permitido por lei.

  • Altice responde a António Costa
    1:33

    Economia

    A Altice respondeu ao Governo, na sequência das críticas de António Costa, lamentando que Portugal não reconheça a importância dos investimentos que o grupo faz no país. A dona da PT inaugurou esta quinta-feira um novo call center em Vieira do Minho e, na sexta-feira, está marcada uma greve geral dos trabalhadores da PT.

  • Protesto dos enfermeiros é "ilegal"
    2:37
  • O que resta do navio de salvamento mais famoso de Portugal?
    15:26

    Aqui há História

    Os baixios da barra do Tejo já foram cemitério de centenas de embarcações. Uma delas foi o Patrão Lopes, o navio de salvamento que saía para o mar quando todos fugiam das tempestades. Foram cinco dias em agonia até naufragar no Bugio, num caso que acabou na barra do tribunal. 80 anos depois, a SIC mergulhou no Patrão Lopes porque "Aqui Há História".

  • Sismo de magnitude 6.9 na Turquia

    Mundo

    Um forte sismo com magnitude 6.9 na escala de Richter fez-se sentir esta quinta-feira a sul da cidade turca de Bodrum. A informação foi avançada pela agência norte-americana de Geologia.