sicnot

Perfil

Economia

Preço das casas em Portugal continental subiu 1,2% no primeiro trimestre do ano

O preço das casas em Portugal continental aumentou 1,2% no primeiro trimestre de 2016 face ao trimestre anterior, segundo dados da Confidencial Imobiliário, hoje divulgados, revelando que desde junho de 2013 até março deste ano os preços subiram 7,6%.

(REUTERS/ ARQUIVO)

Os resultados provisórios do Índice de Preços Residenciais da Confidencial Imobiliário evidenciam "uma tendência de estabilização" dos preços da habitação no mercado nacional durante os dois primeiros meses do ano [janeiro e fevereiro], contudo o mês de março contrariou a tendência e apresentou "uma recuperação de 0,9% face ao mês anterior [fevereiro]".

De acordo com os dados da Confidencial Imobiliário, o preço das casas atingiu "o ponto mais alto desde o mínimo do mercado, registado em junho de 2013", no mês de maio deste ano.

Desde junho de 2013 até março de 2016, "os preços habitacionais em Portugal já subiram 7,6%", verificou o Índice de Preços Residenciais.

O mês de março destacou-se, ainda, por apresentar "uma recuperação de preços positiva", em comparação com o mês de fevereiro deste ano.

"Ao longo dos primeiros três meses de 2016, a taxa de variação homóloga cresceu 1,7 pontos percentuais até atingir os 3,5% em março. Esta é a taxa de variação homóloga mais elevada dos últimos sete meses", informou, em comunicado, a Confidencial Imobiliário.

O Índice de Preços Residenciais da Confidencial Imobiliário é apurado com base nos preços efetivos de transação, informação que resulta do SIR - Sistema de Informação Residencial que regista dados de oferta e vendas, com detalhe à freguesia, através de um levantamento de informações junto de promotores, mediadores e avaliadores imobiliários, além da banca.

A Confidencial Imobiliário é uma empresa independente, especializada na produção e difusão de indicadores de análise do mercado imobiliário.

  • Portugal a tremer de frio
    3:07

    País

    Portugal continua a registar temperaturas negativas, sobretudo no Norte do país. Em Trás-os-Montes, por exemplo, marcaram mínimas de 11 graus abaixo de zero e os termómetros desceram tanto que congelaram rios, canalizações de água e até aquecimentos de escolas. Mas nem tudo é mau pois os produtores falam em boa época para curar fumeiro.

  • Artista que criou poster de Obama quer invadir EUA com símbolos de esperança

    Mundo

    Shepard Fairey - o artista por trás do tão conhecido cartaz vermelho e azul "Hope" de Barack Obama, durante a campanha eleitoral de 2008 nos EUA - produziu uma série de novas imagens a tempo da tomada de posse de Donald Trump, na sexta-feira. Agora, o artista e a sua equipa querem manifestar uma posição política com a campanha "We The People", contra as ideias que o Presidente eleito tem defendido.

  • Zoo da Indonésia acusado de querer matar ursos à fome

    Mundo

    Um grupo de ativistas da Indonésia acusa o Jardim Zoológico de Bandung de estar a matar à fome os seus animais, incluindo os ursos-do-sol, para ser fechado. Um vídeo recentemente publicado mostra os ursos, que aparecem muito magros e a implorar por comida.