sicnot

Perfil

Economia

Britânicos recomendam Algarve como destino mais barato

Britânicos recomendam Algarve como destino mais barato

Sem contar com hotéis ou viagens, só tendo em atenção o custo de 9 produtos que os turistas consomem em férias, os Correios Britânicos recomendam o Algarve como a escolha mais barata. A informação consta do barómetro anual sobre dinheiro para férias e coloca Portugal à frente de destinos de concorrência direta como Espanha ou Turquia.

  • Mais turistas britânicos em Portugal devido a risco de terrorismo no norte de África

    País

    Há mais turistas a viajar para Portugal devido ao risco de terrorismo em algumas zonas do norte de África. Os números da Associação de agências de viagens britânica mostram uma subida de quase 30% nas reservas no nosso país, em relação ao ano passado. Espanha e Chipre também passaram a ser destinos mais escolhidos.Os recentes atentados em países como o Egito e a Tunísia afastam muitos viajantes. Uma das regiões eleitas pelos turistas britânicos é precisamente o Algarve.

  • Jovem morre afogado no Algarve
    1:52

    País

    Um jovem de 16 anos morreu ontem afogado na praia da Ponta da Areia, em Vila Real de Santo António. Com ele, estava uma rapariga que, apesar da corrente, conseguiu sair da água.

  • Como não perder Barack e Michelle Obama nas redes sociais

    Mundo

    Sair da Casa Branca implica mais que reunir objetos físicos: é preciso guardar também os tweets, os posts e todo o conteúdo digital produzido nos últimos oito anos pelo Presidente dos EUA e pela primeira-dama. A equipa de Barack Obama já preparou tudo para que nada se perca do seu legado digital.

  • Portugueses querem contratar Obama

    Mundo

    Contratar Barack Obama. Pode parecer uma tarefa impossível, mas para a startup portuguesa Swonkie a única resposta a este desafio é "Yes We Can", mote da campanha presidencial de Obama de há nove anos.

  • Artista que criou poster de Obama quer invadir EUA com símbolos de esperança

    Mundo

    Shepard Fairey - o artista por trás do tão conhecido cartaz vermelho e azul "Hope" de Barack Obama, durante a campanha eleitoral de 2008 nos EUA - produziu uma série de novas imagens a tempo da tomada de posse de Donald Trump, na sexta-feira. Agora, o artista e a sua equipa querem manifestar uma posição política com a campanha "We The People", contra as ideias que o Presidente eleito tem defendido.