sicnot

Perfil

Economia

Banco de Portugal não se pode isolar do resto do país

O ministro das Finanças disse hoje que o Banco de Portugal não pode exercer as suas funções à margem do que se passa na economia e na sociedade e avisou os bancos que vêm aí mais exigências de regulação.

PEDRO NUNES

"O Banco de Portugal desempenha o papel de autoridade monetária e goza de um estatuto de independência. Esta independência constitui um direito, mas esse direito tem de ser exercido como dever, os bancos centrais não se podem tornar entidades isoladas do resto da comunidade", disse hoje Mário Centeno, em Lisboa, na tomada de posse de Elisa Ferreira e Luís Máximo dos Santos como administradores do Banco de Portugal.

A ideia de que a entidade liderada por Carlos Costa não se pode isolar foi repetida no final da intervenção, recuperando o nome do livro de José Saramago: "Não há instituições que se possam interpretar a si próprias como jangadas de pedra", afirmou o governante.

Ainda neste discurso, o ministro das Finanças referiu os vários papéis que cabem ao Banco de Portugal, com destaque para as funções como supervisor e regulador bancário, sublinhando que é necessário que essa supervisão "seja preventiva, proativa e atuante".

O responsável pela pasta das Finanças falou novamente na necessidade de repensar a arquitetura do sistema de regulação financeiro, referindo que é preciso fazer "os melhoramentos necessários para que dê uma resposta cabal aos desafios que a sociedade e a economia portuguesa lhe colocam".

"Esse sistema deve ser visto como parte da solução e não do problema", reiterou, criticando ainda a "inação" dos últimos anos que "trouxe dificuldades ao setor financeiro".

Numa tomada de posse em que estavam presentes os principais presidentes dos bancos a operar em Portugal, Mário Centeno avisou também que a regulação "vai tornar-se ainda mais exigente no futuro".

Quanto aos novos administradores do Banco de Portugal, Elisa Ferreira e Máximo dos Santos, Mário Centeno referiu a sua "elevada qualidade técnica e humana" e deixou a sua confiança de que irão "continuar e até acelerar o processo ajustamento já iniciado e não totalmente finalizado no Banco de Portugal".

Elisa Ferreira e Luís Máximo dos Santos vão reforçar o Conselho de Administração do Banco de Portugal liderado por Carlos Costa, o governador.

Com doutoramento na área de economia, Elisa Ferreira é professora na Universidade do Porto, foi ministra do Ambiente e do Planeamento entre 1995 e 2002 e é desde 2004 eurodeputada, tendo trabalhado nos últimos anos temas como a União Bancária e o mecanismo de resolução bancária.

Já Luís Máximo dos Santos é advogado, tendo trabalhado como jurista em várias funções do Estado, nomeadamente no Banco de Portugal. Além de estar de momento a liderar o 'banco mau' BES, é desde 2010 presidente da Comissão Liquidatária do Banco Privado Português (BPP).

O governador do Banco de Portugal esteve presente nesta tomada de posse, mas não fez discurso nem prestou declarações aos jornalistas.

Lusa

  • Centeno apela a uma intervenção mais preventiva e pró-ativa do Banco de Portugal
    0:56

    Economia

    Tomaram posse, esta tarde, os dois novos administradores do Banco de Portugal. Elisa Ferreira e Máximo dos Santos integram a partir de agora o Conselho de Administração do banco central. A até agora eurodeputada socialista e o até aqui Presidente do Banco Espírito Santo, foram aprovados por unanimidade pelos deputados da Assembleia da República, depois de terem sido ouvidos na Comissão de Orçamento e Finanças. Na cerimónia desta tarde, o ministro Mário Centeno apelou a uma intervenção mais preventiva e pró-ativa do Banco de Portugal, para que se melhore a supervisão bancária.

  • Prisão preventiva para marroquino suspeito de apoiar o Daesh

    País

    O juiz do Tribunal Central de Instrução Criminal impôs esta quinta-feira prisão preventiva ao cidadão marroquino, detido na Alemanha e entregue a Portugal, suspeito de adesão e apoio ao grupo extremista Daesh e recrutamento e financiamento ao terrorismo.

  • "A isto chama-se pura hipocrisia"
    1:13

    Caso CGD

    Pedro Passos Coelho classifica a atuação do Governo na gestão da Caixa Geral de Depósitos como um "manual de cinismo político insuportável", declarações feitas pelo líder do PSD durante a reunião do Conselho Nacional em Lisboa.

  • O momento em que Trump quis ser um camionista

    Mundo

    O Presidente norte-americano Donald Trump reuniu-se esta quinta-feira com representantes da indústria de camionagem. Não é apenas do encontro que lhe falamos, mas principalmente da invulgar receção feita por Trump, que entrou para um camião, fingiu que o conduzia e buzinou... em pleno jardim da Casa Branca.

  • FBI investiga possível campanha de espiões russos contra Hillary
    0:57

    Mundo

    A suspeita de ligação entre a equipa de Donald Trump e operacionais russos está a aumentar. A CNN diz que a equipa do Presidente do Estados Unidos da América se coordenou com os russos para atingir Hillary Clinton. O FBI está a investigar registos telefónicos, de viagens, relatórios e transações para offshores.

  • Mais de 20 milhões estão a morrer à fome em África

    Mundo

    África enfrenta a maior crise desde 1945, com mais de 20 milhões de pessoas a morrer de fome em três países, Sudão do Sul, Somália e Nigéria, disse esta quinta-feira um responsável do Programa Alimentar Mundial das Nações Unidas.

  • Jovem violada em direto no Facebook não se sente em segurança

    Mundo

    A jovem de 15 anos que foi abusada sexualmente por cinco ou seis homens durante um vídeo em direto para o Facebook está a receber tratamento. A mãe da jovem deu uma entrevista, na qual disse que a filha já não se sente em segurança na sua vizinhança, depois de receber ameaças na internet.

  • Menina "rouba" chapéu ao Papa
    0:27

    Mundo

    Estella Westrick tem apenas três anos, mas já conseguiu chegar aos jornais de todo o mundo, depois de "roubar" o chapéu do Papa. Durante uma visita da família na quarta-feira ao Vaticano, a criança - que não parece estar muito contente no vídeo - foi pegada ao colo por um dos funcionários do Vaticano, que a levou depois até ao Papa. Nesta altura, Estella aproveitou para tirar o solidéu episcopal, arrancando gargalhadas de toda a gente, especialmente do Papa Francisco.

  • O edifício mais longo do mundo

    Mundo

    Se pensa que já viu tudo em relação aos edifícios mais longos e complexos do mundo, pense duas vezes. O edifício mais longo do mundo pode estar prestes a chegar e promete fazer de Nova Iorque uma cidade ainda mais atrativa.