sicnot

Perfil

Economia

Jordi Gual é o novo presidente do CaixaBank

O economista Jordi Gual, responsável pelo departamento de estudos do banco espanhol CaixaBank, que lançou uma OPA sobre o BPI, será o novo presidente daquela instituição, segundo a imprensa espanhola.

© Sergio Perez / Reuters

Jordi Gual deverá substituir Isidro Fainé no cargo institucional de presidente do banco, devendo a decisão ser formalmente tomada numa reunião do conselho de administração do CaixaBank prevista para esta quinta-feira.

Isidro Fainé continuará a ocupar um lugar decisivo, ao presidir à Fundação Bancária La Caixa, o maior acionista do CaixaBank.

Esta solução foi encontrada para ultrapassar uma lei de 2010, que obriga Fainé, assim como o resto dos presidentes das caixas de aforro, a escolherem entre governar o banco ou as suas fundações.

A data limite para esta decisão é 01 de julho, sexta-feira.

O Caixabank lançou em abril uma OPA (oferta pública de aquisição) sobre o BPI, depois de o banco espanhol não ter conseguido chegar a entendimento com a angolana Santoro (empresa de Isabel dos Santos e segunda maior acionista do banco, com 18,58%) sobre uma solução para o banco e sobretudo para a redução da exposição a Angola, onde o BPI tem o Banco Fomento de Angola (BFA).

Na OPA, o banco espanhol oferece 1,113 euros por ação e a operação está condicionada à eliminação dos estatutos de bloqueio na entidade financeira portuguesa, que impedem um acionista como o CaixaBank, que tem quase 45% das ações do banco, de ter um poder de voto superior a 20%.

Lusa

  • "Michel Temer nunca teve vergonha, não tem cara de pessoa de bem"
    3:04

    Opinião

    Miguel Sousa Tavares analisou no habitual espaço de comentário do Jornal da Noite  da SIC, o escândalo com o Presidente do Brasil, Michael Temer. O comentador diz que já era previsível que Temer fosse apanhado com "o pé na poça" e afirma que o Presidente brasileiro nunca teve qualquer tipo de vergonha. Miguel Sousa Tavares fez ainda referência ao facto de Dilma Rousseff ser, entre todos os políticos brasileiros, a única que não tem processos contra ela.

    Miguel Sousa Tavares

  • O que muda com a saída do Procedimento por Défice Excessivo?
    2:10
  • Julgamento do caso BPN deverá terminar quarta-feira
    4:38

    Economia

    O acórdão do processo principal do BPN vai ser tornado público esta quarta-feira, depois de quase sete anos de audições. O rosto principal é o de José Oliveira Costa mas há outros 14 arguidos sentados no banco dos réus.

  • Marcelo opta pelo silêncio sobre a eutanásia
    1:09

    Eutanásia

    Marcelo Rebelo de Sousa diz que só tomará uma posição sobre a eutanásia quando o diploma chegar a Belém. O chefe de Estado garante que vai ficar em silêncio, para não condicionar o debate e também "para ficar de mãos livres para decidir".