sicnot

Perfil

Economia

Easyjet em Portugal diz que Terminal 2 parece estaleiro e queixa-se à ANA

O diretor comercial da transportadora aérea EasyJet em Portugal, José Lopes, disse que o Terminal 2 do aeroporto de Lisboa parece um estaleiro, mesmo depois de concluídas as obras, e frisou que já se queixou à administração da ANA - Aeroportos de Portugal.

REUTERS

"A nossa queixa é clara e já a transmitimos à administração da ANA: é que se pagamos o mesmo que as companhias de aviação do Terminal 1 temos de ter o mesmo nível de qualidade no investimento", frisou, durante um encontro com jornalistas, depois de questionado sobre se as obras já tinham terminado.

José Lopes explicou que "o último postal" que os passageiros levam quando regressam aos seus países "é passar por uma zona exterior do Terminal 2 que parece um estaleiro de obra", disse José Lopes.

O responsável acrescentou que esta "é a mensagem que estes embaixadores do turismo levam quando regressam a suas casas" e explicou que apesar das obras já terem terminado no Terminal 2, a verdade "é que não parece".

Isto, porque parte da obra de expansão e de melhoria "não tem a qualidade" que a empresa deseja de forma a dar "a experiência de qualidade aos passageiros que a easyjet tem como objetivo".

"A ANA tem que ter aqui uma maior sensibilidade e gerir os seus investimentos de acordo com a mesma mentalidade com que gere as suas receitas. Se não existe diferenciamento de preços entre as empresas que operam no terminal 1 e no Terminal 2, não pode haver diferenciamento de investimentos", sustentou.

José Lopes considera que os investimentos "devem ser obrigatoriamente tratados da mesma forma" e que "a qualidade das obras e da experiência do cliente que usa o Terminal 2 deve ser a mesma do passageiro que utiliza o Terminal 1", caso contrário "deve haver uma diferenciação também em termos do preço".

Lusa

  • O dia que roubou dezenas de vidas em Pedrógrão Grande
    3:47
  • Metade dos moradores de Sandinha recusaram sair das casas
    3:14
  • Habitantes de Várzeas tentam regressar à normalidade
    2:48
  • Corpos da tragédia em Pedrógão guardados em camião de alimentos
    8:11

    Tragédia em Pedrógão Grande

    Duarte Nuno Vieira, médico legista, esteve esta quinta-feira, na Edição da Noite, para comentar o que já foi feito e o que falta fazer em Pedrógão Grande, depois de ter sido atingido pelos incêndios. O presidente do Conselho Europeu de Medicina Legal defendeu que guardar os corpos das vítimas mortais num camião de alimentos foi uma "maneira de solucionar o problema da forma possível", visto que não há espaço no Instituto Nacional De Medicina Legal.

  • Trump volta a garantir que não tentou interferir na investigação do FBI
    0:17

    Mundo

    O Presidente dos EUA reitera que não tentou interferir na investigação do FBI em relação às alegadas interferências da Rússia nas eleições presidenciais. Questionado sobre as gravações das conversas que manteve com o ex-diretor da polícia de investigação, James Comey, Donald Trump prometeu esclarecimentos num futuro breve.

  • "A informação pode ter saído depois da hora do exame de Português"
    1:19

    País

    O presidente da Confederação Nacional das Associações de Pais diz que é preciso aguardar pelas conclusões do relatório sobre a alegada fuga de informação do exame nacional de Português. Jorge Ascensão defende que a investigação deve causar o mínimo de impacto aos alunos que realizaram a prova.