sicnot

Perfil

Economia

Devolvidos mais de 147 mil € de cauções de serviços energéticos e água

A Direção-Geral do Consumidor (DGC) reembolsou, até ao final de maio, 5.469 consumidores com direito à caução de serviços de eletricidade, gás natural e água, tendo restituído um total de 147.461 euros.

arquivo

Os dados da DGC, a que a Lusa teve acesso, revelam ainda que, desde 2008, quando começou o processo de devolução de cauções, e até ao final de maio passado, foram analisados 31.608 pedidos de restituição de cauções.

O prazo para os consumidores pedirem declarações comprovativas do direito à restituição das cauções já terminou, no último dia de junho, mas é só na próxima sexta-feira (08 de julho) que termina o prazo de emissão dessas declarações pelos prestadores de serviços, incluindo autarquias.

Depois da próxima sexta-feira, o consumidor ainda pode, e até 31 de julho, entregar na DGC a declaração comprovativa do direito à caução.

Desde 1999 que é proibida a cobrança de cauções pelos prestadores de serviços essenciais, como fornecimento de eletricidade, gás natural ou água, mas no ano passado estavam ainda por devolver quase 18 milhões de euros em cauções.

Lusa

  • Brinquedos tecnológicos para oferecer no Natal
    5:33
  • Aniversário de Marcelo passado nas comemorações dos 700 anos da Marinha
    1:45

    País

    O Presidente da República defende que é preciso continuar a investir na Armada, nas pessoas, nas capacidades e no apoio de retaguarda. No dia em que fez 69 anos, Marcelo Rebelo de Sousa esteve nas comemorações dos 700 da Marinha, onde sublinhou os sete séculos de conquistas e de combates navais.

  • Rui Rio comprometeu-se a realizar apenas dois debates
    0:45

    País

    Rui Rio disse esta terça-feira que foi apanhado de surpresa com a mudança de posição de Pedro Santana Lopes, que exige três debates entre os dois candidatos à liderança do PSD nos canais generalistas. Rui Rio reiterou ainda que se comprometeu a fazer apenas dois debates.

  • Costa anuncia reunião sobre neutralidade carbónica em fevereiro
    2:03

    País

    O Presidente francês defende que é preciso ir mais longe e mais rápido na luta contra as alteração climáticas, numa resposta à decisão de Donald Trump de retirar os EUA do Acordo de Paris. Em fevereiro, será a vez de Portugal organizar uma reunião sobre energia e transportes.