sicnot

Perfil

Economia

Eventuais sanções a Portugal são culpa de Maria Luís Albuquerque, diz PS

O PS acusou hoje a vice-presidente do PSD Maria Luís Albuquerque e os seus "falhanços" de estarem na origem da questão de eventuais sanções europeias a Portugal.

Comentando declarações da vice-presidente do PSD hoje em Lisboa o porta-voz do PS, João Galamba, disse que Maria Luís Albuquerque fez comentários "inaceitáveis" e "um pouco absurdas".

"Porque não pode dizer que que se ela fosse ministra não haveria sanções, porque a questão das sanções põe-se exatamente por causa de Maria Luís Albuquerque ter sido ministra", disse João Galamba à Lusa, acrescentando que o que está em causa é o período 2013-15, nomeadamente o défice de 2015.

"Se o Governo anterior tivesse continuado em funções, se eu ainda fosse ministra das Finanças, esta questão não se estaria a colocar para Portugal neste momento", garantiu Maria Luís Albuquerque, que falava aos jornalistas, na sede do PSD, em Lisboa, quando disse também que Bruxelas está "preocupada com o atual Governo e com esta maioria", que, na sua opinião, não transmitem confiança à União Europeia.

João Galamba respondeu que a atitude da ministra é de "ataque ao país" e mostra que o PSD, quando aprovou no Parlamento um voto contra sanções a Portugal, foi "uma farsa", porque "na realidade está apenas interessado em fazer política mesquinha".

"Neste momento o Governo bate-se patrioticamente na Europa na defesa dos interesses do pais, para tentar proteger o país dos falhanços de Maria Luísa Albuquerque. Não deixa de ser irónico que venha agora a ex-ministra, nesta intervenção lamentável, atacar o governo que está a tentar defender Portugal", afirmou.

O dirigente socialista que na questão de Portugal vir ou não a ser alvo de sanções de Bruxelas o "réu" é mesmo a antiga ministra, porque é o trabalho dela que está a ser avaliado e não o do atual Governo.

Portugal pode vir a ser alvo de sanções da Europa por défice excessivo. Hoje mesmo, o vice-presidente da Comissão Europeia responsável pela pasta do Euro, Valdis Dombrovskis, sugeriu que os fundos estruturais para Espanha e Portugal poderão ser congelados devido à derrapagem orçamental em 2015.

Para o responsável, "é inegável" que "Espanha e Portugal não atingiram as metas acordadas", adiantando que este tema estará "muito em breve" na agenda de negociações em Bruxelas.

Lusa

  • A easyJet não está a oferecer bilhetes no Facebook. Cuidado, é uma burla

    País

    Se esteve no Facebook nos últimos dias, provavelmente, reparou na oferta de dois bilhetes para uma viagem da easyJet, a propósito do seu 22.º aniversário. Uma viagem para dois tinha tudo para correr bem, se não fosse um esquema de burla, criado para obter os dados pessoais dos utilizadores que partilham a publicação na rede social.

  • Garrafa lançada ao mar em Rhodes recebe resposta de Gaza
    1:43

    Mundo

    A história parece de filme, mas aconteceu numa praia de Gaza. Um casal britânico lançou uma garrafa com uma mensagem ao mar, em julho, na ilha grega de Rhodes. A garrafa foi encontrada por um pescador numa praia de Gaza, que aproveitou para enviar a resposta, na qual falou sobre as restrições impostas por Israel.

  • Big Ben em silêncio durante quatro anos
    2:15

    Mundo

    Esta segunda-feira ficou marcada pelas últimas badaladas dos famosos sinos do Big Ben, em Londres, no Reino Unido. A torre, na qual está instalada o relógio mais famoso do mundo, vai entrar em obras e os sinos só vão voltar a tocar em 2021.