sicnot

Perfil

Economia

Aeroporto do Porto investe 1,6 M€ na renovação e ampliação da área comercial

O investimento no Aeroporto do Porto permitiu criar 125 novos postos de trabalho e aumentar a zona de retalho em 1.500 metros quadrados. Na cerimónia de inauguração deste novo espaço, que decorreu hoje, esteve presente a secretária de Estado do Turismo, Ana Mendes Godinho, que destacou este investimento como um exemplo do "efeito arrastador" do turismo "sobre outras atividades económicas".

O Aeroporto do Porto investiu cerca de 1.6 milhões de euros na renovação e ampliação da área comercial, o que se traduziu na criação de 125 postos de trabalho.

"O turismo tem esta grande capacidade de criar postos de trabalho diretos, mas também indiretos, [porque] tem um grande efeito arrastador sobre outras atividades económicas, nomeadamente o comércio, que tem crescido bastante nos últimos anos, muito associado ao grande crescimento da atividade turística", afirmou.

Destacando que a atividade turística nacional está, este ano, a crescer a um ritmo de 16% - e que "o Porto e o Norte acompanham este crescimento"- a secretária de Estado destacou como "cada vez mais importante esta faceta que o turismo tem de dinamizar outros setores" e, paralelamente, de "valorizar as atividades tradicionais" portuguesas.

Como exemplo referiu o espaço Portfolio, uma nova marca de lojas criada pela ANA -- Aeroportos de Portugal, dedicada aos produtos 'made of Portugal' em que estão à venda produtos de marcas portuguesas nas áreas da cultura, moda, sabores, artesanato e 'design'.

Na renovada área comercial do Aeroporto Francisco Sá Carneiro, a ANA inaugurou a terceira loja deste conceito, tendo ainda reformulado e ampliado a 'Duty Free Store', área da restauração e aberto novas lojas de diversas marcas nacionais e internacionais que convidam os visitantes "a uma nova experiência de conforto e lazer, antes da hora do embarque".

Lusa

  • António Costa evita perguntas sobre estágios não remunerados
    1:55
  • "É evidente que não fecho a porta ao Eurogrupo"
    1:38

    Economia

    O ministro das Finanças diz que não fecha a porta ao Eurogrupo. A declaração é feita numa entrevista ao semanário Expresso. No entanto, Mário Centeno deixa a ressalva que qualquer ministro das Finanças do Eurogrupo pode ser presidente.

  • Trump adia decisão sobre permanência nos acordos de Paris
    1:48
  • Raízes de ciência e rebentos de esperança
    14:14