sicnot

Perfil

Economia

Aeroporto do Porto investe 1,6 M€ na renovação e ampliação da área comercial

O investimento no Aeroporto do Porto permitiu criar 125 novos postos de trabalho e aumentar a zona de retalho em 1.500 metros quadrados. Na cerimónia de inauguração deste novo espaço, que decorreu hoje, esteve presente a secretária de Estado do Turismo, Ana Mendes Godinho, que destacou este investimento como um exemplo do "efeito arrastador" do turismo "sobre outras atividades económicas".

O Aeroporto do Porto investiu cerca de 1.6 milhões de euros na renovação e ampliação da área comercial, o que se traduziu na criação de 125 postos de trabalho.

"O turismo tem esta grande capacidade de criar postos de trabalho diretos, mas também indiretos, [porque] tem um grande efeito arrastador sobre outras atividades económicas, nomeadamente o comércio, que tem crescido bastante nos últimos anos, muito associado ao grande crescimento da atividade turística", afirmou.

Destacando que a atividade turística nacional está, este ano, a crescer a um ritmo de 16% - e que "o Porto e o Norte acompanham este crescimento"- a secretária de Estado destacou como "cada vez mais importante esta faceta que o turismo tem de dinamizar outros setores" e, paralelamente, de "valorizar as atividades tradicionais" portuguesas.

Como exemplo referiu o espaço Portfolio, uma nova marca de lojas criada pela ANA -- Aeroportos de Portugal, dedicada aos produtos 'made of Portugal' em que estão à venda produtos de marcas portuguesas nas áreas da cultura, moda, sabores, artesanato e 'design'.

Na renovada área comercial do Aeroporto Francisco Sá Carneiro, a ANA inaugurou a terceira loja deste conceito, tendo ainda reformulado e ampliado a 'Duty Free Store', área da restauração e aberto novas lojas de diversas marcas nacionais e internacionais que convidam os visitantes "a uma nova experiência de conforto e lazer, antes da hora do embarque".

Lusa

  • Primeiro-ministro holandês liga a Costa para explicar palavras de Dijsselbloem
    2:23

    País

    António Costa pediu que Djisselbloem desaparecesse da Presidência do Eurogrupo. Após esta tomada de posição, o primeiro-ministro holandês ligou para Costa na semana passada a dar explicações. Contudo, o primeiro-ministro português não recua e volta a dizer que Dijsselbloem não tem condições para continuar, na sequência das declarações sobre copos e mulheres. Os eurodeputados do Partido Popular Europeu reforçaram também esta terça-feira o pedido de demissão.

  • Surto de hepatite A em Portugal
    2:45

    País

    Há um surto de hepatite A em Portugal. Desde janeiro, 105 pessoas foram diagnosticadas na região de Lisboa e Vale do Tejo, um número superior aos casos contabilizados em todo o país nos últimos 40 anos. O surto terá começado na Holanda e está a atingir quase toda a Europa.

  • Abertura da lagoa de Santo André atrai surfistas e bodyboarders
    4:15
  • Novo vídeo do Daesh mostra crianças a treinar para matar
    3:35
  • Kennedy acreditava que Hitler estava vivo

    Mundo

    Um diário de John F. Kennedy vai a leilão em Boston, nos Estados Unidos da América. O diário foi escrito durante a sua breve carreira como jornalista, depois da 2.ª Guerra Mundial. No livro, foram expostas algumas teorias do antigo Presidente norte-americano, como a possibilidade de Hitler estar vivo.

    Ana Rute Carvalho

  • Trump propõe cortes orçamentais para pagar muro

    Mundo

    O Presidente dos Estados Unidos está a propor cortes de milhões de dólares no orçamento para que os contribuintes norte-americanos, e não o México, paguem o muro a construir na fronteira entre os dois países.

  • Tecnologia permite a tetraplégico mexer mão e braço

    Mundo

    Um homem que ficou tetraplégico num acidente voltou a mover-se com a ajuda da tecnologia e apenas usando o pensamento, num projeto de investigadores dos Estados Unidos divulgado esta terça-feira na revista especializada em medicina The Lancet.