sicnot

Perfil

Economia

Quinzena de luta em setembro contra degradação dos transportes

Sindicatos e representantes dos trabalhadores de empresas públicas de transportes agendaram hoje para setembro a realização de 15 dias de luta contra a degradação do serviço público no setor, informou hoje fonte sindical.

ANT\303\223NIO COTRIM

Dirigentes e delegados sindicais e membros das comissões de trabalhadores das empresas públicas de transportes participaram hoje num plenário, durante o qual decidiram "desenvolver, ente 12 e 23 de setembro, uma quinzena de agitação que envolva trabalhadores e utentes", revelou à Lusa José Manuel Oliveira, coordenador da Federação dos Sindicatos de Transportes e Comunicações (Fectrans).

De acordo com o dirigente sindical, as ações a realizar vão "partir das realidades concretas de cada empresa" e serão brevemente "calendarizadas e arrumadas", não estando "posto de lado que possa, numa ou noutra empresa, haver entrega de pré-aviso de greve".

No plenário, os representantes dos trabalhadores aprovaram também um documento - já enviado ao primeiro-ministro, António Costa - que alerta para a degradação do serviço público de transportes, sob o lema "Trabalhadores e utentes querem respostas urgentes".

"Quem anda de Metro, quem anda de comboio, de autocarro ou de barco é sistematicamente confrontado com um pedido de desculpa, porque há supressão de serviços ou porque não há trabalhadores, ou há avarias ou outros incidentes. E isso preocupa-nos, tendo em conta que queremos empresas públicas a prestar um serviço público de qualidade", salientou José Manuel Oliveira.

No encontro participaram representantes da transportadora Carris, do Metropolitano de Lisboa, da Soflusa, da Transtejo, do setor ferroviário (CP, EMEF e Infraestruturas de Portugal) e também do setor aéreo, mais especificamente representantes de trabalhadores do serviço de 'handling', afirmou o sindicalista.

Lusa

  • Patti Smith engana-se na música de Bob Dylan durante cerimónia dos Nobel
    1:49

    Mundo

    Os prémios Nobel deste ano já foram entregues. Bob Dylan não compareceu à entrega do galardão da Literatura e fez-se representar pela amiga Patti Smith, que teve um bloqueio enquanto cantava "A Hard Rain's A-Gonna Fall" do músico. O Presidente da Colômbia Juan Manuel dos Santos foi distinguido com o Nobel da paz pelo acordo que alcançou com as Forças Armadas Revolucionárias da Colômbia.

  • CIA acredita que Trump foi ajudado por piratas informáticos russos
    1:24

    Eleições EUA 2016

    As eleições nos Estados Unidos da América já terminaram e o Presidente está eleito. Contudo, Barack Obama quer saber se os russos tentaram mesmo influenciar o voto e ao mesmo tempo perceber o que os serviços secretos aprenderam com todas as fugas de informação durante a campanha. Já a CIA diz não ter dúvidas: para os serviços secretos norte-americanos, Donald Trump foi ajudado por piratas informáticos.