sicnot

Perfil

Economia

China vai ter menos 211 milhões de trabalhadores em 2050

© China Stringer Network / Reut

A China vai ter menos 211 milhões de trabalhadores em 2050, o que representa uma queda de 23% em relação à atual população ativa, segundo estimativas do Ministério dos Recursos Humanos e Segurança Social do país.

Atualmente, a força laboral chinesa, cidadãos com idades entre os 16 e 59 anos, está fixada em 911 milhões de pessoas e estima-se que esse número diminua para 700 milhões de pessoas até ao ano de 2050, segundo Li Zhong, porta-voz daquele ministério durante uma conferência de imprensa citada hoje pelo jornal publicado em Hong Kong South China Morning Post.

As estimativas das autoridades chinesas superam as de instituições financeiras como o Banco Mundial, que indicou num relatório anterior que a China poderia ver a sua população ativa reduzida em cerca de 10% até 2040, o que corresponderia à perda de 90 milhões de trabalhadores.

O envelhecimento da população e a queda da população ativa representa uma grande pressão para a China atualmente em desaceleração económica, e o Governo tenta atacar a situação com medidas como a abolição da política de filho único, implementada este ano, e o aumento da idade de reforma.

Lusa

  • Sismo abala centro de Itália

    Mundo

    A capital da Itália foi esta manhã sacudida por três sismos em apenas uma hora, de entre 5,3 e 5,7 na escala de Richter, não havendo até ao momento registo de vítimas.

  • Oposição diz que défice abaixo dos 2,3% se deve ao aumento de impostos
    2:24

    Economia

    O défice de 2016 vai ficar abaixo dos 2,3%, uma garantia dada pelo primeiro-ministro durante o debate quinzenal desta terça-feira. A oposição diz que o resultado é bom para o país mas que se deve a um aumento de impostos, feito pelo Governo no ano passado, e ao trabalho do PSD e do CDS nos anos anteriores.

  • Bebé nasce na Ucrânia com ADN de três pais

    Mundo

    Nasceu a 5 de janeiro, na Ucrânia, uma menina filha de um casal infértil graças à ajuda de uma nova técnica de fertilização in vitro, que conta com a colaboração de uma terceira pessoa. De acordo com o britânico The Times, os médicos utilizaram pela primeira vez um método denominado transferência pronuclear. Esta não é, contudo, a primeira vez que nasce um bebé com ADN de três progenitores.

  • CIA desvenda segredos de quase 50 anos de História

    Mundo

    A CIA publicou online quase 12 milhões de documentos confidenciais. Basta uma ligação à Internet para navegar por entre 50 anos de relatórios outrora secretos. Entre os milhões de páginas, estão documentos sobre um eventual assassínio de Fidel Castro, detalhes sobre os crimes de guerra nazis, relatórios sobre avistamentos de OVNI e um estudo sobre telepatia denominado "Projeto Star Gate".