sicnot

Perfil

Economia

BCP com prejuízo de 197 milhões no 1º semestre

​O BCP registou prejuízos na ordem dos 197,3 milhões de euros no primeiro semestre do ano, valor que compara com um lucro de 240 milhões de euros verificado no período homólogo do ano passado, divulgou hoje o banco.

O banco justifica estes resultados com "itens não habituais", adiantando que, sem estes acontecimentos extraordinários, o banco teria tido um lucro de 56,2 milhões de euros no primeiro semestre de 2016, valor que compara com um prejuízo de 21,2 milhões de euros em igual período do ano passado.

Lusa

  • BCP dispara 7% na bolsa de Lisboa

    Economia

    Após alguns dias de nervosismo do banco nos mercados, o otimismo parece ter voltado com o banco a registar um aumento de 7%, motivado pelo adiamento da divulgação dos resultados do banco.

  • BCP e Santander fora da corrida ao Novo Banco

    Queda do BES

    O BCP e Santander estão fora da corrida ao Novo Banco. O prazo para apresentação das propostas terminou às 17:00. O Banco de Portugal disse que recebeu quatro propostas para a compra do Novo Banco, sem revelar o nome das entidades interessadas.

  • PSD compara SNS a um "cenário de guerra", Centeno desdramatiza
    2:44

    Economia

    O ministro das Finanças esteve esta amanhã no Parlamento e voltou a não comprometer-se com aumentos salariais na função pública no próximo ano. Deu mesmo a entender que a medida não é prioritária. A discussão passou também pelo Serviço Nacional de Saúde. Centeno desdramatizou as carências mas o PSD comparou o que s passa a um cenário de guerra.

  • Partido Podemos com votação inédita em Espanha
    1:32

    Mundo

    Há uma votação inédita em Espanha. O Podemos começou esta terça-feira a decidir a continuidade do líder do partido, depois de Pablo Iglesias e a companheira terem comprado uma casa de 600 mil euros.

  • 14 sacerdotes suspensos por abusos sexuais no Chile

    Mundo

    A diocese da cidade chilena de Rancagua anunciou na terça-feira a suspensão de 14 sacerdotes implicados num novo escândalo de abusos sexuais sobre jovens e menores. Todos eles pertenciam a um grupo de se autointitulou de "La Familia", segundo a investigação jornalística.