sicnot

Perfil

Economia

Hostels vão ser novidade nos Açores

O novo regime do alojamento local nos Açores foi hoje publicado em Jornal Oficial e apresenta como principal novidade a previsão de hostels, informou o Governo Regional.

"A principal novidade deste novo regime reside na previsão de uma nova tipologia de estabelecimento de alojamento local, o hostel, através da qual se pretende responder às novas tendências da procura, principalmente dos públicos mais jovens", refere uma nota de imprensa.

Para preservar a qualidade da oferta, esta nova tipologia de estabelecimento deve obedecer a várias condições, "nomeadamente ter de resultar do aproveitamento de construções existentes situadas em centros urbanos, não poder ter mais de 30 camas e dez quartos, nem mais de seis camas por dormitório, incluindo beliches e camas convertíveis".

A portaria define "as tipologias dos estabelecimentos, os requisitos mínimos de segurança, higiene, instalações, equipamentos e serviços prestados aos hóspedes, as capacidades máximas dos estabelecimentos e respetivas unidades de alojamento, os bens e serviços incluídos no preço do alojamento e as regras relativas ao registo, publicidade, identificação dos estabelecimentos e disponibilização de informação para fins estatísticos".

"Novidade neste novo regime é também a atribuição de um número sequencial ao registo dos estabelecimentos de alojamento local que cumpram os requisitos legais, que será gerado pela Direção Regional do Turismo e terá de constar de toda a correspondência, publicidade e divulgação, por qualquer meio, do estabelecimento", acrescenta.

Para o Governo dos Açores, esta exigência "é importante para informação dos turistas, que ficam a saber que os estabelecimentos têm reconhecimento oficial, mas também para efeitos de fiscalização da comercialização deste tipo de alojamento por parte das entidades competentes, nomeadamente nos casos em que a comercialização é feita nos meios de informação/comunicação de maior difusão, como a Internet".

A mesma nota adianta que "o alojamento local é uma realidade incontornável da oferta de alojamento nos Açores, evidenciando um dinamismo muito significativo, sobretudo a partir de 2015, a que o Governo Regional pretende dar resposta, disciplinando a oferta".

Segundo o executivo açoriano, existem no arquipélago 870 estabelecimentos de alojamento local que disponibilizam 2.130 quartos e 4.541 camas.

No ano passado, registaram-se mais de 162 mil dormidas em alojamento local e, este ano, até maio, já foram registadas mais de 90 mil dormidas, o que representa um crescimento de 157% face ao período homólogo de 2015, refere a mesma nota de imprensa.

Lusa

  • Sismo de magnitude 4,0 provoca um morto em Nápoles

    Mundo

    Um sismo de magnitude 4,0 na escala de Richter atingiu esta segunda-feira a ilha de Ísquia no golfo de Nápoles, no mar Tirreno, no sul de Itália. De acordo com o jornal La Stampa uma mulher terá morrido e dois feridos estarão em perigo de vida.

  • A easyJet não está a oferecer bilhetes no Facebook. Cuidado, é uma burla

    País

    Se esteve no Facebook nos últimos dias, provavelmente reparou na oferta de dois bilhetes para uma viagem da easyJet, a propósito do 22.º aniversário da companhia aérea britânica. Uma viagem para dois tinha tudo para correr bem, não fosse um esquema de burla, criado para obter os dados pessoais dos utilizadores que partilham a publicação na rede social.

  • Brasileiros procuram Portugal
    3:59

    País

    Viver em Portugal é hoje em dia um grande sonho da classe média brasileira. De acordo com o Ministério dos Negócios Estrangeiros, só em 2016, o número de vistos de residência aumentarem em mais de 30%. A língua, a segurança e a qualidade de vida são as razões apontadas para a mudança. Todos os dias, no consulado português no Rio de Janeiro, para a obtenção de vistos.

  • Big Ben em silêncio durante quatro anos
    2:15

    Mundo

    Esta segunda-feira ficou marcada pelas últimas badaladas dos famosos sinos do Big Ben, em Londres, no Reino Unido. A torre, na qual está instalada o relógio mais famoso do mundo, vai entrar em obras e os sinos só vão voltar a tocar em 2021.

  • Garrafa lançada ao mar em Rhodes recebe resposta de Gaza
    1:43

    Mundo

    A história parece de filme, mas aconteceu numa praia de Gaza. Um casal britânico lançou uma garrafa com uma mensagem ao mar, em julho, na ilha grega de Rhodes. A garrafa foi encontrada por um pescador numa praia de Gaza, que aproveitou para enviar a resposta, na qual falou sobre as restrições impostas por Israel.