sicnot

Perfil

Economia

Worten Espanha multada em 10.000 € por vender disco com dados dos empregados

© Kim Hong-Ji / Reuters

A agência de proteção de dados espanhola (AEPD, na sigla espanhola) multou em 10.000 euros a cadeia de lojas eletrónica Worten em Espanha por ter vendido um disco que continha dados pessoais de todos os empregados da empresa.

De acordo com uma nota da Facua, entidade que representa os consumidores, o disco duro foi comprado pelo cliente como novo em 2013, pelo que ao descobrir que este tinha sido usado apresentou uma reclamação na associação dos consumidores que "destapou uma segunda fraude" ao detetar que estava cheio de dados pessoais e profissionais dos empregados da loja que a Worten tinha em Sevilha e que encerrou em 2015.

Perante os dados, a Facua apresentou uma reclamação à AEPD, na qual destacava que "a conduta da empresa" fragilizava "de forma explícita a privacidade a que se deve submeter toda a informação como a do diretório de dados de recursos humanos de qualquer empresa" e que neste caso havia uma "evidente infração" da lei.

Por sua vez, a AEPD argumentou que a "Worten não garantiu a segurança dos dados pessoais dos seus empregados, sendo consequência de uma insuficiente ou ineficaz implementação das medidas de segurança".

Por isso, a agência para a proteção de dados decidiu agora, "três anos depois da denúncia da Facua", aplicar uma multa de 10.000 euros à Worten por uma infração que considerou "grave".

A Worten é uma marca do grupo Sonae que tem uma empresa em Portugal e outra em Espanha. Ou seja, são duas sociedades diferentes, com presidentes e equipas de gestão distintos, detidas pelo mesmo grupo português.

Lusa

  • Mário Centeno lidera hoje a primeira reunião do Eurogrupo
    1:56
  • Eleição de Rio "embaraça" PCP e BE
    0:34

    Opinião

    Luís Marques Mendes considera que a eleição de Rui Rio veio criar embaraço ao PCP e Bloco de Esquerda. O comentador da SIC considera que a promessa de que venha a haver pactos de regime entre PS e PSD é motivo de preocupação para os parceiros do Governo.

  • Quem são os arguidos da operação Fizz
    2:29

    País

    É já considerado o julgamento do ano da justiça portuguesa e o caso que está a abalar as relações entre Portugal e Angola. O processo da operação Fizz tem quatro arguidos, mas um deles, já é certo, não irá sentar-se esta segunda-feira no banco dos réus.

  • Que shutdown é este que paralisou os EUA?
    2:27
  • Casal que mantinha filhos acorrentados queria participar num reality show
    3:15
  • Quase 100 atletas testemunharam contra médico Larry Nassar
    1:38

    Desporto

    Quase 100 atletas e antigas ginastas da seleção dos Estados Unidos da América confrontaram esta semana, em tribunal, o médico Larry Nassar, acusado de assédio sexual. Em dezembro, o clínico foi condenado a 60 anos de prisão por um tribunal do Michigan, por posse de pornografia infantil.