sicnot

Perfil

Economia

Portugal coloca 1.300 M€ em bilhetes de tesouro a 3 e 11 meses

Portugal colocou 1.300 milhões de euros de Bilhetes do Tesouro (BT) a três e 11 meses, bem acima do previsto, com sólida procura que levou as taxas a voltarem a cair, incólumes ao disparo das yields de longo prazo após a DBRS ter alertado para o fraco crescimento económico e a elevada dívida.

O IGCP-Agência de Gestão da Tesouraria e da Dívida Pública anunciou que colocou 400 M€ de BT a três meses e 900 M€ a 11 meses. O montante indicativo global situava-se entre 750 e 1.000M€.

No prazo mais curto, a taxa média ponderada (TMP) fixou em -0,108%, contra 0,075% no anterior leilão realizado em 15 de Junho.

Reuters

  • Família perde tudo na aldeia de Queirã
    2:32
  • Temperaturas sobem no fim de semana, risco de incêndio aumenta
    1:08

    País

    A chuva que caiu nos últimos dias não deverá ter impactos relevantes na dominuição da seca e, por isso, o risco de incêndios vai voltar a aumentar com nova subida das temperaturas. Os termómetros podem chegar aos 30 graus entre domingo e quarta-feira.

  • Não me parece o melhor princípio político, mas percebo que António Costa queira ter junto de si, sobretudo em tempos difíceis, os mais próximos. Os homens de confiança pessoal e política. Em plena tempestade, o primeiro-ministro chamou dois amigos de longa data, ex-colegas da Faculdade de Direito, Eduardo Cabrita e Pedro Siza Vieira. E eles não disseram que não.

    Bernardo Ferrão