sicnot

Perfil

Economia

Fitch mantém rating português no lixo, com perspetiva estável

© Brendan McDermid / Reuters

A agência de notação financeira Fitch manteve hoje a classificação de crédito de Portugal no nível BB+ (o nível mais alto de "lixo") com perspetiva estável, mas avisou que a pressão sobre o setor financeiro pode influenciar negativamente a evolução do mesmo.

Além das pressões sobre a banca, que poderão exigir maior apoio financeiro por parte do Estado, a Fitch aponta ainda outros fatores que podem ter impactos negativos sobre a classificação de crédito como as perspetivas de crescimento económico mais fraco ou se o Governo falhar na redução do rácio da dívida em relação ao PIB e em relação aos desequilíbrios externos.

Na última revisão da dívida pública portuguesa, em março, a Fitch baixou a perspetiva de positiva para estável, mas manteve o rating em BB+.

Entre os fatores que podem resultar numa evolução positiva do rating da dívida pública portuguesa, a Fitch destaca a melhoria na execução orçamental consistente com uma tendência de descida do peso da dívida e a melhoria das perspetivas de crescimento a médio prazo.

A Fitch continua a apontar riscos para a meta de 2,2% do défice em 2016, nomeadamente devido às incertezas quanto ao impacto das medidas que vão ser implementadas e o crescimento económico fraco, e prevê que o défice atinja os 2,7%, acima dos 2,5% previstos por Bruxelas.

"Apesar das potenciais pressões políticas para aliviar a consolidação no médio prazo, continuamos a prever uma redução modesta do défice em 2017-18", o que vai contribuir para reduzir a dívida pública e corresponder às metas impostas por Bruxelas, sublinha a agência de rating.

O peso da dívida pública sobre o Produto Interno Bruto (PIB) deve cair para 122% até 2020, mas existem igualmente riscos, devido à possibilidade de ser necessário injetar mais capital no banco estatal, Caixa Geral de Depósitos (CGD).

As instituições financeiras continuam a ressentir-se da falta de qualidade dos seus ativos, afetados pela exposição ao fraco crédito hipotecário e aumento dos créditos de cobrança duvidosa, sobretudo na carteira empresarial.

"Isto continua a ser um entrave à rentabilidade e coloca pressão sobre a posição de capital de algumas instituições como a CGD Esta continua a ser um empecilho para a rentabilidade e colocou pressão sobre a posição de capital de algumas instituições como a CGD. As autoridades pretendem concluir a reestruturação do sistema em meados de 2017 (incluindo a venda de Novo Banco), mas pode haver atrasos neste calendário", sublinha a Fitch.

A agência de rating salienta ainda que o crescimento económico continua a "desapontar", devido ao abrandamento do investimento e um desempenho mais fraco das exportações, e espera agora um avanço de apenas 1,2%, abaixo dos 1,6% das previsões anteriores.

A balança comercial piorou no primeiro semestre de 2016, refletindo a quebra da procura em mercados não-comunitários como Angola, mas o impacto sobre as contas externas tem sido limitado já que as receitas do turismo continuam a aumentar e as despesas com juros estão a cair.

Com Lusa

  • Opinião

    Este texto é sobre o bom senso. O bom senso que faltou a Passos Coelho quando, esta manhã, depois de uma visita pelas áreas ardidas de Pedrógão Grande, decidiu falar em suicídios. Passos não se referiu a tentativas, mas sim a atos consumados. Deu certezas. Disse que tinha conhecimento de “pessoas que puseram termo à vida” porque “que não receberam o apoio psicológico que deviam.”

    Bernardo Ferrão

  • 6 polícias feridos e 4 detidos em manifestação pela morte de português em Londres
    1:29

    Mundo

    A manifestação começou ainda durante a tarde deste domingo, na capital britânica e culminou em violência, com 6 polícias feridos, 4 pessoas detidas e a evacuação de uma das principais estações de transportes da zona leste da Londres. Os manifestantes acusam a polícia britânica de agressão na noite de 15 de junho, quando um português, de 25 anos, foi mandado parar pela polícia. O jovem acabou por morrer no hospital 5 dias depois.

  • Novo avião da TAP a lembrar o passado
    1:32
  • Avião cruza-se com drone a 900 metros de altitude
    2:01

    País

    Um avião da TAP voltou a cruzar-se este domingo com um drone, enquanto se preparava para aterrar no aeroporto de Lisboa. A aproximação deu-se a 900 metros de altitude e passou muito perto da asa da aeronave. Este é o 10.º incidente com drones este ano e o 6.º este mês.

  • Bruno Fernandes já está em Lisboa
    4:53

    Mercado de transferências

    Bruno Fernandes já está em Lisboa a dar autógrafos com a camisola do Sporting. André Moreira, guarda-redes do Atlético Madrid, oficializado em breve no Benfica. Eis as últimas do mercado de transferências, por Gonçalo Azevedo Ferreira.

  • Os russos adoram Portugal
    2:48

    Taça das Confederações

    Os portugueses que foram à Rússia para a Taça das Confederações ficaram surpreendidos pela forma calorosa com que todos foram recebidos. Cristiano Ronaldo é o grande responsável por esta paixão pelo nosso país.

    Enviados SIC

  • O último adeus a Miguel Beleza

    País

    O velório do economista e ex-ministro das Finanças realiza-se esta segunda-feira na Igreja do Campo Grande, em Lisboa, a partir das 18h00.