sicnot

Perfil

Economia

Ongoing Strategy Investments declarada insolvente

(Lusa/Arquivo)

João Girão

​A Ongoing Strategy Investments, empresa de Nuno Vasconcelos, foi considerada insolvente, de acordo com informação divulgada hoje no portal Citius. A assembleia de credores está marcada para 25 de outubro.

Segundo a publicidade de sentença, no dia 26 de agosto, pelas 11h10, "foi proferida sentença de declaração de insolvência do devedor Ongoing Strategy Investments".

Fernando Silva e Sousa foi nomeado administrador de insolvência e o prazo para a reclamação de créditos fixado foi de 30 dias.

Esta é mais uma sociedade do universo de empresas de Nuno Vasconcelos a ser declarada insolvente, depois de a 13 de julho a assembleia de credores da ST&SF, que detinha o jornal em papel Diário Económico, ter aprovado a sua liquidação.

Nuno Vasconcelos e Gonçalo Faria de Carvalho são administradores da empresa.

"Ficam advertidos os devedores do insolvente de que as prestações a que estejam obrigados deverão ser feitas ao administrador de insolvência e não ao próprio insolvente", refere o anúncio publicado no Cititus, que adianta que os credores da Ongoing Strategy Investments devem "comunicar de imediato ao administrador de insolvência a existência de quaisquer garantias reais de que beneficiem".

Ficou também designado que a realização de uma assembleia de credores de apreciação do relatório vai decorrer a 25 de outubro, pelas 14h30.

O prazo para interpor recurso da sentença é de 15 dias.

Lusa

  • Governo quer reduzir gastos com papel na função pública
    1:08

    Economia

    O Governo proibiu a livre utilização das impressoras pelos funcionários públicos. O ministro das Finanças quer assim reduzir em 20% a despesa em consumo de papel e, ao mesmo tempo, minimizar a perigosidades dos resíduos produzidos com as impressoras, no Estado.