sicnot

Perfil

Economia

Trabalhos da comissão de inquérito à CGD retomados na 4ª feira

A comissão parlamentar de inquérito à Caixa Geral de Depósitos (CGD) vai retomar os seus trabalhos na próxima quarta-feira, com uma reunião dos coordenadores dos grupos parlamentares, depois da interrupção dos trabalhos para férias.

O início da reunião está agendado para as 15:30 e o objetivo é fazer um "ponto de situação dos trabalhos", de acordo com a informação que está disponível no portal da Assembleia da República.

Os parlamentares devem aproveitar a oportunidade para definir as próximas audições desta comissão, depois de já terem sido ouvidos José de Matos, presidente do banco público, a 27 de julho, Carlos Costa, governador do Banco de Portugal, a 28 de julho, e Mário Centeno, ministro das Finanças, a 29 de julho.

A comissão de inquérito à Caixa, imposta potestativamente por PSD e CDS-PP, tomou posse a 05 de julho na Assembleia da República, e é presidida pelo deputado do PSD José Matos Correia.

A comissão debruça-se, por exemplo, sobre a gestão do banco público desde o ano 2000 e aborda ainda o processo de recapitalização da CGD, recentemente aprovado por Bruxelas.

Lusa

  • CGD chumba nos testes de stress do BCE
    1:38

    Caso CGD

    A Caixa Geral de Depósitos chumbou nos testes de stress do Banco Central Europeu, que medem a capacidade de um banco em resistir às dificuldades. A nova administração entrou na quarta-feira em funções para reestruturar o banco e tratar da recapitalização, a injeção de dinheiro do Estado. O plano de restruturação terá de avançar para fechar 300 balcões e chegar a acordo com 3 mil trabalhadores.

  • Caixa multibanco assaltada em Portugal a cada dois dias
    2:43

    País

    O semanário Expresso conta que a mulher que morreu vítima de um disparo de agentes da PSP foi atingida pelas costas. O caso está a ser investigado pela PJ, que procura encaixar as peças da noite que acabou com uma morte inocente mas que começou com uma perseguição a um grupo de assaltantes de um multibanco. Assaltos que são cada vez mais comuns e que preocupam o Governo. A cada dois dias, uma caixa é assaltada.

  • Metro de Lisboa vai reduzir consumo de água

    País

    O Metro de Lisboa colocou em prática um programa para reduzir o consumo de água devido à situação de seca em Portugal, respondendo assim ao apelo do Ministério do Ambiente, segundo um comunicado divulgado este sábado.