sicnot

Perfil

Economia

Gasóleo profissional mais barato em quatro zonas fronteiriças a partir do dia 15

O ministro Adjunto anunciou esta quarta-feira, em Arganil, distrito de Coimbra, que a partir do dia 15 quatro zonas de fronteira vão ter gasóleo profissional ao mesmo preço que no território espanhol.

Segundo Eduardo Cabrita, que falava aos jornalistas no final da sessão solene do feriado municipal de Arganil, haverá uma redução de cerca de 13 cêntimos no gasóleo profissional nas zonas fronteiriças de Quintanilha (Bragança), Vilar Formoso (Almeida), Elvas e Vila Verde de Ficalho (Serpa).

"O que significa que o preço base para os transportadores de mercadorias será o mesmo que existe no mercado espanhol", sublinhou Eduardo Cabrita.

De acordo com o ministro, esta medida tem vindo a ser tratada com as associações do setor, "que participaram neste trabalho, desde a aprovação do Orçamento do Estado, que permitiu transformar algo que era um problema numa oportunidade, na sequência da aprovação da lei sobre gasóleo profissional, que acabou de ser publicada".

O governante anunciou ainda para o final do mês a apresentação do plano de ação de combate à interioridade, que está a cargo da unidade de missão criada em março, coordenada por Helena Freitas.

Durante a sua intervenção, Eduardo Cabrita mostrou confiança no potencial da atividade empresarial "daquilo que é a capacidade de afirmar a competitividade e olhar para o interior como uma oportunidade de proximidade ao mercado ibérico e ao mercado europeu".

"Estamos na fase final, dentro do nosso calendário, de elaboração desse plano de ação, e até final do mês apresentaremos um conjunto estruturado de medidas, promovendo a valorização do interior com intervenção em várias áreas, quer de promoção do exercício de atividade profissional, de funções de natureza pública, quer de apoio à formação das empresas e promoção de domínios como a atividade florestal", adiantou.

Eduardo Cabrita presidiu hoje à sessão solene do feriado municipal de Arganil, em que foram homenageadas empresas e personalidades que prestaram serviços relevantes ao concelho, entre elas o antigo primeiro-ministro Pedro Santana Lopes, atual provedor da Santa Casa da Misericórdia de Lisboa.

Entre as cinco personalidades distinguidas com a medalha de ouro, está também o selecionador nacional de futebol e campeão europeu Fernando Santos, que, por motivos profissionais, esteve ausente, mas recebe a distinção no domingo à tarde.

Lusa

  • Negócios do Fogo
    22:00
  • Direção da Raríssimas na Madeira demitiu-se em setembro
    1:58

    País

    Três representantes da Raríssimas na ilha da Madeira demitiram-se, em setembro, de costas voltas para a direção. A delegação da instituição na ilha começou em 2015 e fechou com as três demissões. Em entrevista à SIC, uma das antigas delegadas afirmou que todos os fundos angariados foram para a sede, em Lisboa, ficando depois sem dinheiro para pagar as despesas.

  • Deputado do PSD recusa vice-presidência da Raríssimas
    1:58

    País

    Nas reações políticas ao caso da Raríssimas, o PSD e CDS dizem que é preciso acionar todos os mecanismos legais apropriados para averiguar a situação. O deputado social-democrata, Ricardo Baptista Leite, que tinha sido convidado recentemente para vice-presidente da instituição, diz que já não há condições para tomar posse.

  • Turistas aproveitam nevão na Serra da Estrela
    1:23
  • Fortes nevões no norte da Europa
    0:59
  • Dezenas de feridos em protestos contra decisão de Trump em Israel
    1:55
  • A brincadeira de um youtuber que podia ter acabado mal

    Mundo

    Um jovem youtuber inglês enfiou a cabeça num saco de plástico, prendeu-a na parte interna de um microondas e encheu depois o eletrodoméstico com cimento. A brincadeira, que podia ter acabado de forma trágica, deixou o jovem completamente preso e obrigou à intervenção dos serviços de emergência.

    SIC

  • "Popeye" russo pode ter que amputar braços

    Mundo

    Um jovem russo injetou um óleo no corpo para conseguir ter músculos, mais propriamente nos seus braços, que já cresceram cerca de 25 centímetros. Contudo, segundo um médico, o procedimento pode levar à necessidade de amputação, deixando o jovem sem os membros.