sicnot

Perfil

Economia

BE quer que Portugal conte com um "banco público forte"

A deputada do Bloco de Esquerda (BE) Mariana Mortágua considerou esta quinta-feira que Portugal tem que ter um banco público forte, que garanta a estabilidade do sistema financeiro, pelo que apoia a injeção de capital na Caixa Geral de Depósitos (CGD).

"O mais importante é que Portugal tenha um banco público forte. Isso garante a estabilidade do sistema. Para tal tem que ter capital. É por isso que o Bloco de Esquerda não se opõe que o Estado use dinheiro público para capitalizar um banco público", destacou.

"Isto é muito diferente do que defender o uso de dinheiro público para capitalizar bancos privados", assinalou, durante a sua intervenção no debate sobre a CGD na comissão permanente da Assembleia da República.

Face às críticas da oposição (PSD e CDS) ao PS, ao Bloco de Esquerda e ao PCP, partidos que têm a maioria parlamentar e suportam o executivo de António Costa, Mortágua vincou que "o Bloco votou contra na altura de injetar dinheiro público no Banif, e que o PSD viabilizou".

A deputada bloquista realçou ainda que "o governo PSD/CDS injetaram dinheiro público no BES".

E acrescentou: "Mais uma vez não percebemos a posição do PSD sobre o valor da recapitalização. Se acham que o valor é excessivo é porque sabem quanto é que a CGD precisava. Então porque é que não fizeram a recapitalização".

Mortágua aproveitou a ocasião para apelar para que não haja despedimentos na CGD.

"Queremos uma CGD que não despeça funcionários", sublinhou, considerando que não podem ser repetidos os processos pelos quais passaram os trabalhadores do Novo Banco e do Banif, que na sua ótica foram "desrespeitados".

A deputada concluiu que "não podem ser os trabalhadores as vítimas deste processo" de reestruturação do banco estatal.

Lusa

  • As alterações na carta de condução que ajudam a poupar
    6:16
  • George H. Bush nos cuidados intensivos e mulher também hospitalizada

    Mundo

    O antigo Presidente dos Estados Unidos da América e a sua mulher estão hospitalizados em Houston, no Texas. George H. W. Bush foi admitido no sábado, devido a um problema respiratório derivado de pneumonia, enquanto Barbara Bush entrou esta quarta-feira no hospital, por sintomas de fadiga e tosse.

  • Nevão provocou corte de energia no centro dos EUA
    1:37

    Mundo

    Uma tempestade de neve no centro dos Estados Unidos da América provocou cortes no abastecimento de eletricidade, atrasos em voos e dificuldades na circulação rodoviária. Em Espanha, a descida das temperaturas levou à emissão de avisos em 30 províncias de norte a sul do país e deixou 27.700 alunos sem aulas em Valência.

  • Cadela sobrevive após engolir faca de cozinha

    Mundo

    Na Escócia, uma história de sobrevivência, no mínimo, bicuda. Uma cadela engoliu uma faca de cozinha com mais de 20 centímetros, manteve-a dentro de si durante algumas semanas mas sobreviveu, depois de ser operada de urgência..