sicnot

Perfil

Economia

CGD põe Joe Berardo em tribunal para executar 2,9 milhões de euros

A Caixa Geral de Depósitos (CGD) entrou com uma ação de execução contra o empresário José Manuel Berardo, segundo a informação publicada no portal de Justiça Citius, exigindo cerca de 2,9 milhões de euros.

De acordo com a informação disponível, a processo deu entrada a 30 de agosto na Comarca do Funchal e o banco público pede que seja executado um valor de 2,87 milhões de euros.

A notícia desta ação na Justiça a pedir a execução do empresário madeirense conhecido por Joe Berardo foi dada esta quinta-feira pelo Diário de Notícias da Madeira e terá que ver com dinheiro emprestado pelo banco público há cerca de dez anos para aquele comprar ações do BCP, no âmbito da guerra acionista que houve no banco.

O valor exigido será o da garantia então prestada por Berardo.

A Lusa contactou fonte oficial da CGD sobre a ação que deu entrada em tribunal que não fez qualquer comentário.

Lusa

  • Os negócios menos claros do filho de Pinto da Costa
    1:55
  • BCE autoriza CGD a avançar com recapitalização

    Caso CGD

    A Caixa Geral de Depósitos informou esta sexta-feira que vai prosseguir com as operações da primeira fase do aumento de capital, depois de ter obtido autorização para isso junto do Banco Central Europeu (BCE) e do Banco de Portugal.

  • Condutores apanhados a mais de 200 em corridas ilegais na Ponte Vasco da Gama
    1:25
  • A história da guerra em Alepo
    7:43
  • Reino Unido em alerta máximo de terrorismo

    Mundo

    O Reino Unido elevou o alerta de terrorismo para o nível máximo depois das declarações, esta quinta-feira, do chefe das secretas britânicas. O diretor do MI6 está preocupado com eventuais ataques contra o Reino Unido e outros aliados.

  • Uma "cidade fantasma" na Letónia
    3:10
  • O anúncio de natal que está a emocionar o mundo
    1:47