sicnot

Perfil

Economia

CGD põe Joe Berardo em tribunal para executar 2,9 milhões de euros

A Caixa Geral de Depósitos (CGD) entrou com uma ação de execução contra o empresário José Manuel Berardo, segundo a informação publicada no portal de Justiça Citius, exigindo cerca de 2,9 milhões de euros.

De acordo com a informação disponível, a processo deu entrada a 30 de agosto na Comarca do Funchal e o banco público pede que seja executado um valor de 2,87 milhões de euros.

A notícia desta ação na Justiça a pedir a execução do empresário madeirense conhecido por Joe Berardo foi dada esta quinta-feira pelo Diário de Notícias da Madeira e terá que ver com dinheiro emprestado pelo banco público há cerca de dez anos para aquele comprar ações do BCP, no âmbito da guerra acionista que houve no banco.

O valor exigido será o da garantia então prestada por Berardo.

A Lusa contactou fonte oficial da CGD sobre a ação que deu entrada em tribunal que não fez qualquer comentário.

Lusa

  • António Costa evita perguntas sobre estágios não remunerados
    1:55
  • "É evidente que não fecho a porta ao Eurogrupo"
    1:38

    Economia

    O ministro das Finanças diz que não fecha a porta ao Eurogrupo. A declaração é feita numa entrevista ao semanário Expresso. No entanto, Mário Centeno deixa a ressalva que qualquer ministro das Finanças do Eurogrupo pode ser presidente.

  • Trump adia decisão sobre permanência nos acordos de Paris
    1:48
  • Raízes de ciência e rebentos de esperança
    14:14