sicnot

Perfil

Economia

CGD põe Joe Berardo em tribunal para executar 2,9 milhões de euros

A Caixa Geral de Depósitos (CGD) entrou com uma ação de execução contra o empresário José Manuel Berardo, segundo a informação publicada no portal de Justiça Citius, exigindo cerca de 2,9 milhões de euros.

De acordo com a informação disponível, a processo deu entrada a 30 de agosto na Comarca do Funchal e o banco público pede que seja executado um valor de 2,87 milhões de euros.

A notícia desta ação na Justiça a pedir a execução do empresário madeirense conhecido por Joe Berardo foi dada esta quinta-feira pelo Diário de Notícias da Madeira e terá que ver com dinheiro emprestado pelo banco público há cerca de dez anos para aquele comprar ações do BCP, no âmbito da guerra acionista que houve no banco.

O valor exigido será o da garantia então prestada por Berardo.

A Lusa contactou fonte oficial da CGD sobre a ação que deu entrada em tribunal que não fez qualquer comentário.

Lusa

  • Alterações nos horários das farmácias têm o objetivo de evitar duplicação de serviços
    1:50
  • Troika nem sempre protegeu os mais vulneráveis, conclui avaliação do FMI

    Economia

    O organismo de avaliação independente do FMI concluiu que as medidas aplicadas pela troika em Portugal nem sempre protegeram as pessoas com menos rendimentos, apontando que a primeira preocupação do Fundo era a redução dos défices, apurou o gabinete independente de avaliação do Fundo Monetário Internacional (FMI),