sicnot

Perfil

Economia

Bayer compra Monsanto por 60 mil M€

© Brendan McDermid / Reuters

O grupo químico e farmacêutico alemão Bayer anunciou hoje o acordo para comprar a empresa norte-americana Monsanto, num negócio que envolve cerca de 60 mil milhões de euros.

"A Bayer e a Monsanto assinaram esta quarta-feira um acordo de fusão", ao preço de 128 dólares (114 euros) por ação, em dinheiro, anunciou a Bayer em comunicado.

"A transação associa duas atividades diferentes, mas fortemente complementares", relacionadas com a área agrícola, sementes e pesticidas, acrescenta o comunicado.

A empresa norte-americana Monsanto tinha rejeitado, no passado mês de maio, a oferta apresentada pelo grupo alemão Bayer para a adquirir por 55,2 mil milhões de euros (62 mil milhões de dólares), mas mostrou-se disponível para negociações.

"Acreditamos nas vantagens substanciais de uma estratégia integrada (...) e sempre respeitámos a atividade da Bayer", afirmou na altura o presidente da Monsanto, Hugh Grant, acrescentando que a empresa estava a ser subavaliada na proposta apresentada e que também não oferecia garantias necessárias para o financiamento da operação.

Desconhecem-se os desenvolvimentos das negociações, mas o certo é que a compra foi hoje anunciada, sendo também avançado o valor de aquisição, cerca de 60 mil mihões de euros, superior em quase 5 mil milhões de euros em relaçâo à oferta anterior.

O objetivo da Bayer é criar um gigante mundial de produtos químicos e sementes geneticamente modificadas.

A Monsanto tem sido alvo de várias ações de contestação, especialmente contra os organismos geneticamente modificados, pesticidas e outros produtos químicos, que a empreza produz.

  • 2,1%. As reações ao défice de 2016

    Economia

    O défice orçamental ficou mesmo nos 2,1% do PIB. Os partidos já reagiram àquele que é o valor mais baixo em democracia.

  • Comboios Alfa vão ter bancos com tomadas elétricas e wi-fi
    2:06
  • Novas imagens dos momentos após Khalid Masood ter embatido no muro do Parlamento britânico
    1:35
  • Nus e acorrentados em frente a Auschwitz

    Mundo

    Catorze pessoas com idades entre os 20 e os 27 anos despiram-se e acorrentaram-se em frente ao portão de Auschwitz, antigo campo de concetração nazi na Polónia, depois de terem degolado um carneiro. Ninguém sabe ainda porquê.

  • A coleção de gerigonças de Ana Catarina Mendes
    1:51
  • Parlamento português pede demissão de Dijsselbloem

    País

    A Assembleia da República foi hoje unânime na condenação das polémicas declarações do presidente do Eurogrupo, mas recusou um ponto pela rejeição de diversos compromissos com a União Europeia (UE) exigida pelo PCP.

  • Probido fumar na praia? Não-fumadores aplaudem ideia
    1:33
  • Viaduto de Alcântara condicionado
    1:36

    País

    O viaduto de Alcântara, em Lisboa, continua com o trânsito condicionado mas apenas sobre o tabuleiro e no sentido Alcântara Terra - Alcântara Mar. A circulação só será reposta depois de uma nova vistoria, ainda sem data marcada.

  • Como se resolve a falta de espaço numa cidade chinesa?
    1:07