sicnot

Perfil

Economia

Draghi diz que excesso de bancos prejudica a sua rentabilidade

O presidente do Banco Central Europeu (BCE), Mario Draghi, disse esta quinta-feira que há demasiados bancos na Europa, sendo esse um motivo, entre outros, para que a sua rentabilidade seja atualmente tão baixa.

No discurso de abertura da primeira conferência anual do Conselho Europeu de Risco Sistémico, Draghi reconheceu que as baixas taxas de juro também pressionam a rentabilidade dos bancos.

As taxas de juro reais a longo prazo caíram na maioria das economias desenvolvidas durante duas décadas, disse Draghi.

O presidente do BCE admitiu que a política monetária do BCE e a de outros bancos centrais, que atuam em concordância com os seus mandatos para salvaguardar a estabilidade de preços, também contribuíram, entre outros fatores, para os juros baixos.

O excesso de bancos é outra "causa do atual baixo nível de rentabilidade dos bancos", segundo Draghi.

Na próxima semana, Draghi vai ao parlamento alemão, no meio de vivas críticas do país à política monetária do BCE, considerada prejudicial para os que têm poupanças e para os bancos.

Segundo um comunicado do Bundestag, Draghi vai reunir-se na quarta-feira com o presidente da câmara baixa, Norbert Lammert, e com membros da comissão de Orçamento e Finanças para "uma troca de ideias".

O presidente do BCE já esteve no parlamento alemão em 2012 para explicar aos deputados o lançamento de um programa de compra de dívida destinado a ajudar países em crise.

Desde então, o BCE foi ainda mais longe na flexibilização da sua política monetária e reduziu as taxas de juro para níveis historicamente baixos.

Para impulsionar a inflação, o BCE lançou ainda um programa alargado de compra de ativos e de empréstimos a longo prazo com juros muito baixos.

Lusa

  • Incêndios causaram 76 feridos no espaço de uma semana
    0:34

    País

    No espaço de uma semana, 76 pessoas ficaram feridas, incluindo seis com gravidade, durante os incêndios florestais. Na conferência de imprensa desta tarde, a Proteção Civil explicou que há cinco planos municipais de emergência ativos por causa das chamas.

  • Marine devolve bandeira do Japão 73 anos depois 
    2:13

    Mundo

    Setenta e três anos depois da batalha mais sangrenta do Pacífico, um veterano dos Estados Unidos cumpriu uma promessa pessoal. Marvin Strombo devolveu à família a bandeira da sorte de um soldado japonês, morto em 1944, em Saipan, na II Guerra Mundial. 

  • Autoridades usam elefantes para resgatar pessoas das cheias na Ásia
    1:31

    Mundo

    Mais de 215 pessoas morreram nas inundações que estão a devastar o centro da Ásia, e estima-se que três milhões tiveram de abandonar as casas. As autoridades estão a usar elefantes para resgatar locais e turistas das zonas mais afetadas e avisam que há dezenas de pessoas desaparecidas.