sicnot

Perfil

Economia

Poupança das famílias inverte queda verificada desde 2015

(Arquivo)

Thanassis Stavrakis / AP

A taxa de poupança das famílias aumentou ligeiramente para 3,9% do rendimento disponível no ano acabado no segundo trimestre de 2016, invertendo a queda que se verificava desde meados de 2015, divulgou hoje o INE.

Segundo as Contas Nacionais Trimestrais por Setor Institucional referentes ao segundo trimestre deste ano, divulgadas hoje pelo Instituto Nacional de Estatística (INE), a taxa de poupança subiu ligeiramente no ano terminado no segundo trimestre, representando 3,9% do rendimento disponível, quando nos 12 meses terminados em março era de 3,8%.

Esta é a primeira vez que a taxa de poupança das famílias sobe desde o primeiro trimestre de 2015, quando aumentou para 5,3% do rendimento disponível.

Assim, desde o segundo trimestre de 2015 que a taxa de poupança vinha a descer consecutivamente, acabando por atingir 3,8% do rendimento disponível no ano terminado no primeiro trimestre de 2016, o valor mais baixo desde 1999, o primeiro ano para o qual o INE tem registo.

O INE afirma que esta subida ligeira da taxa de poupança das famílias, face aos 12 meses terminados no trimestre anterior, "refletiu um crescimento ligeiramente mais elevado do rendimento disponível comparativamente com o da despesa de consumo final (0,7% e 0,6%, respetivamente)".

O rendimento disponível das famílias "resultou principalmente" do aumento de 0,8% das remunerações recebidas, devido ao aumento de 0,9% das remunerações pagas pelas empresas e à diminuição dos impostos pagos sobre o rendimento e do património, efeito que foi "parcialmente compensado" pelo aumento das contribuições sociais das famílias.

Também a capacidade de financiamento das famílias atingiu 0,8% do Produto Interno Bruto (PIB) no ano acabado no segundo trimestre de 2016 (0,7% no trimestre anterior), resultado para o qual "contribuiu principalmente o aumento da poupança corrente e a diminuição do investimento", justifica o INE.

Por sua vez, a capacidade de financiamento das empresas manteve-se em 0,2% do PIB no ano terminado no segundo trimestre de 2016 (uma taxa semelhante à registada no trimestre anterior).

Já a capacidade de financiamento da economia fixou-se em 0,9% do PIB no segundo trimestre do ano, representando uma ligeira subida de 0,1 pontos percentuais face ao período anterior.

Lusa

  • Atirador canadiano mata combatente do Daesh a 3,5km de distância

    Mundo

    Um atirador das Forças Especiais do Canadá matou um combatente do Daesh com um tiro disparado a 3,5 quilómetros de distância, no passado mês de maio, no Iraque. O Comando de Operações Especiais canadiano garantiu à BBC que a distância do disparo, realizado com sucesso, é já considerada um recorde na história militar.

  • Revelada a verdadeira identidade de Banksy?

    Cultura

    O músico e produtor Goldie pode ter revelado a identidade do artista mais conhecido por Banksy, durante uma entrevista ao podcast do rapper Scroobius Pip. Goldie referiu Robert Del Naja de forma acidental e os fãs acreditam que a identidade do artista britânico foi finalmente desvendada.

  • "Mãe, por favor, para de dizer asneiras. Não quero que leves um tiro"
    0:51

    Mundo

    O Departamento de Investigação da Polícia do Minnesota divulgou esta sexta-feira um vídeo com imagens de um incidente que levou à morte de um afro-americano pela polícia, nos Estados Unidos da América. Em julho de 2016 um polícia atingiu mortalmente Philando Castile, de 32 anos, durante uma operação de controlo rodoviário. O homem procurava os documentos de identificação quando o polícia disparou quatro tiros. Nas imagens é possível ver o desespero da filha da companheira de Philiando Castile, minutos depois de ter visto o padrasto a morrer. O agente responsável pela morte de Castile foi absolvido pelo Tribunal na semana passada.

  • Depois da "provocação", o acidente em cadeia
    0:43

    Mundo

    Um vídeo de um acidente numa autoestrada em Santa Clarita, na Califórnia (EUA), está a tornar-se viral nas redes sociais. Nas imagens é possível ver um motociclista a dar um pontapé num carro que seguia à sua frente. Como forma de "retribuição", o carro vira na direção da mota mas bate no separador e depois numa carrinha que acabou por capotar. Segundo a imprensa norte-americana o condutor da carrinha foi levado para o hospital com ferimentos ligeiros. Já a pessoa que conduzia a mota seguiu o seu caminho.