sicnot

Perfil

Economia

CGTP inicia semana nacional de luta pelos direitos dos trabalhadores

A CGTP inicia hoje uma semana nacional de esclarecimento, reivindicação e luta pelos direitos dos trabalhadores, que culminará com iniciativas por todo o país, no dia 01 de outubro, para assinalar o aniversário da Central.

O arranque desta semana, na qual a CGTP irá apresentar os seus cadernos reivindicativos e de ação, é assinalado hoje, pelas 13:30, junto da empresa Endutex, em Vilarinho, Santo Tirso, na presença do seu secretário-geral, Arménio Carlos.

Este primeiro dia é dedicado à reivindicação da reposição dos direitos dos trabalhadores e da melhoria das condições de vida e de trabalho.

Em Lisboa, a semana de luta começa com dois plenários de trabalhadores da Imprensa Nacional Casa da Moeda, pelas 08:30 e pelas 16:00, sendo as outras iniciativas divulgadas pela CGTP ao longo da semana.

A realização desta semana, que culmina com iniciativas por todo o país no dia 01 de outubro por ocasião do aniversário da Central, foi decidida pelo Conselho Nacional da Inter, em dia 07 de setembro, dia em que foi aprovada a proposta reivindicativa da CGTP para 2017.

Aumentos salariais de 4%, que garantam um mínimo de 40 euros a cada trabalhador, e a subida do salário mínimo nacional (SMN) para os 600 euros são reivindicações que constam da proposta da Central.

A CGTP reivindica também o aumento do Indexante de Apoios Sociais (IAS), que permanece nos 419 euros.

A valorização dos salários e o combate à pobreza e à exclusão social são os pontos fortes da proposta reivindicativa que vai servir de referência aos sindicatos da CGTP.

O Conselho Nacional da Inter aprovou hoje também o lançamento de uma petição em defesa do direito à negociação coletiva, cujas assinaturas serão entregues no parlamento em novembro.

Lusa

  • Deputado do PS abandona partido e pode colocar em causa maioria parlamentar
    2:28

    País

    Domingos Pereira foi o deputado eleito pelo círculo de Braga. Agora vai demitir-se do Partido Socialista e entregar o cartão de militante. Contudo, mantém-se no Parlamento, passando assim a deputado independente na Assembleia da República. Esta saída pode colocar em causa a maioria parlamentar quando o PCP se abstiver.

    Notícia SIC

  • Pedro Dias recusou mostrar caligrafia
    2:29

    País

    Pedro Dias forneceu esta segunda-feira ADN aos peritos do laboratório da polícia científica. O suspeito dos crimes de Aguiar da Beira também foi intimado a entregar amostras da própria caligrafia, mas recusou fazê-lo.

  • Autoridades italianas prosseguem buscas por desaparecidos em avalancha
    0:54
  • Ator morre baleado durante gravações de videoclip na Austrália

    Mundo

    Um ator morreu depois de ter sido baleado durante as gravações de um videoclip da banda Bliss n Eso, na cidade australiana de Brisbane. A vítima foi identificada como Johann Ofner, de 28 anos. O homem chegou a receber a ser socorrido, mas não resistiu aos ferimentos.

  • Carolina do Mónaco celebra o 60.º aniversário
    2:13

    Mundo

    Carolina do Mónaco celebra esta segunda-feira o 60.º aniversário. Em 60 anos, foi criança mediática, jovem rebelde e, agora, matriarca sem ser rainha. Carolina do Mónaco nunca saiu das revistas, por ser filha de Grace Kelly e Rainier do Mónaco, por ter somado namorados pouco recomendáveis para princesas, por ter perdido o pai dos seus filhos num terrível acidente.