sicnot

Perfil

Economia

Governo prolonga empréstimos feitos à banca durante intervenções no BES e no BANIF

O Estado decidiu prolongar o empréstimo ao Fundo de Resolução. De acordo com um comunicado emitido esta quarta-feira à tarde pelo ministério das Finanças, o Governo acordou numa extensão do prazo dos créditos, realizados para financiar as intervenções no BES e Banif. Na prática, isto significa que os bancos não vão ter de fazer contribuições extraordinárias para assegurar o financiamento do fundo.A dilatação do prazo era uma das principais preocupações do sector bancário, depois dos empréstimos feitos pelo Estado à banca. Com a resolução do BES o tesouro emprestou 3 mil e 900 milhões de euros e no caso do Banif mais de 350 milhões.

  • Novo Banco vai reestruturar dívida de Luís Filipe Vieira
    1:22

    Desporto

    O Novo Banco vai reestruturar parte da dívida da empresa de Luís Filipe Vieira, que ronda os 400 milhões de euros. Parte dos ativos da empresa foram transferidos para um fundo para serem rentabilizados no prazo de cinco anos. Esse fundo está a ser gerido pelo vice-presidente do Benfica.

  • Dono de fábrica que ardeu na Anadia diz que produção não vai ser afetada
    2:04
  • Saco azul do BES pagou a 106 pessoas e 96 avenças ocultas
    2:21

    Economia

    Pelo menos 106 pessoas receberam dinheiro da Espírito Santo Enterprises, a companhia offshore criada nas Ilhas Virgens Britânicas e que terá funcionado como um gigantesco saco azul do Grupo Espírito Santo. O jornal Expresso revelou os primeiros vinte nomes da lista, entre os quais estão Zeinal Bava, antigo CEO da PT, e Manuel Pinho, ex-ministro da economia do Governo de José Sócrates.

  • Tragédia em Vila Nova da Rainha aconteceu há uma semana
    7:18
  • Doze meses de polémicas, ameaças e promessas
    3:52