sicnot

Perfil

Economia

BE propõe menos 10% nas subvenções dos partidos e fim de várias isenções

O Bloco de Esquerda entregou esta terça-feira um diploma que prevê uma redução de 10% nas subvenções partidárias e de 25% nas subvenções eleitorais, pondo fim à isenção do pagamento de vários impostos de que beneficiam os partidos políticos.

O projeto de lei, que será debatido no parlamento no dia 27 de outubro - PSD e CDS-PP já anunciaram igualmente iniciativas legislativas - constitui "um pacote por um mínimo de decência no que toca aos financiamentos partidários e eleitorais", sustentou o líder parlamentar do BE, Pedro Filipe Soares, em declarações aos jornalistas, no parlamento.

O BE propõe a redução, a título definitivo, de 10% da subvenção para o funcionamento dos partidos políticos e a redução, também definitiva, de um mínimo de 25% para as campanhas eleitorais.

Para além disso, o BE propõe uma redução de 50% dos limites de gastos com as campanhas eleitorais, o que também força uma redução do financiamento público da campanha já que as subvenções são pagas em função das despesas.

Com esta proposta, o BE estima uma redução de 3,1 milhões de euros em financiamento de campanhas num ciclo eleitoral de 5 anos com uma eleição para cada órgão, segundo pode ler-se na exposição de motivos do projeto-lei.

O diploma prevê o fim do benefício fiscal de isenção de IMI e revoga a isenção do pagamento de IMT (imposto municipal sobre as transmissões onerosas de imóveis), de "demais impostos sobre o património" e do pagamento do imposto automóvel.

De acordo com o projeto, o BE mantém a isenção do pagamento de imposto de selo, da isenção do pagamento do imposto sobre sucessões e doações, do pagamento de taxas de justiça e custas judiciais e do pagamento do IVA nas despesas feitas a nível partidário com bens e serviços para transmitir a mensagem política.

O diploma acaba no entanto com a isenção, prevista na atual lei, do pagamento do IVA nas despesas de campanha eleitoral.

O BE argumenta que a isenção do IVA nas despesas de campanha "contende com a igualdade de oportunidades e de tratamento das diversas candidaturas", já que os grupos de cidadãos eleitores que se candidatem às autarquias locais não beneficiam destas isenções.

Com a medida reduz-se também, de forma indireta, o financiamento público das campanhas, sublinha o BE, no diploma.

Lusa

  • Manuel Valls diz que Trump fez declaração de guerra à Europa

    Mundo

    O antigo primeiro-ministro francês Manuel Valls, aspirante a candidato socialista às presidenciais deste ano, considerou esta segunda-feira como uma "declaração de guerra" as afirmações do futuro Presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, sobre a União Europeia.

  • Morreu o último homem que pisou a Lua

    Mundo

    O astronauta norte-americano Eugene Cernan, o último homem a pisar a Lua, morreu esta segunda-feira aos 82 anos, informou a agência espacial norte-americana, NASA.

  • Novo motim em prisão brasileira do Rio Grande do Norte

    Mundo

    Um motim ocorreu esta segunda-feira de madrugada numa prisão do estado brasileiro de Rio Grande do Norte, sem fazer feridos ou mortos, depois de uma rebelião numa outra prisão do mesmo estado ter feito 26 mortos no fim de semana.

  • Cheias e derrocadas destroem várias casas no Peru
    0:42

    Mundo

    Um deslizamento de terras seguido de uma inundação destruiu várias casas no Peru. As imagens mostram o momento em que o deslizamento acontece e o caos que se gerou. O trânsito ficou cortado e as inundações que se seguiram obrigaram várias pessoas a abandonar as suas habitações.