sicnot

Perfil

Economia

Nobel da Economia para Oliver Hart e Bengt Holmstrom

Oliver Hart e Bengt Holmstrom são os laureados com o Prémio Nobel da Economia 2016. A Real Academia Sueca das Ciências distinguiu, assim, os economistas britânico e finlandês, professores em universidades norte-americanas, pelos "seus contributos para a Teoria dos Contratos", que consideram "valiosos" para perceber os mesmos na vida real, bem como potenciais armadilhas na sua conceção.

"(O seu trabalho) é a base da fundação que define politicas e instituições em diversas áreas, desde a lei de insolvência às políticas constitucionais", anunciou A Real Academia Sueca das Ciências.

Oliver Hart é professor de economia na Universidade de Harvard e Bengt Holmstrom leciona economia e gestão no Instituto de Tecnologia de Massachusetts (MIT).

"Eu acordei por volta das 4:40 e pensei se já seria muito tarde para que o prémio me fosse atribuído este ano, mas entretanto o telefone tocou", são as declarações de Hart , publicadas no Twitter do Prémio Nobel.

"A minha primeira reação foi abraçar a minha mulher e acordar o meu filho mais velho, acrescentou Hart.

"Através dos seus contributos, Hart e Holmström, desenvolveram a Teoria dos Contratos como um campo fértil para a investigação. Nas últimas décadas, exploraram igualmente muitas das suas aplicações. A sua análise sobre a melhoria das condições contratuais estabelece as bases para a definição de políticas e instituições em várias áreas, da legislação sobre falências a constituições políticas", sublinha a organização num comunicado.

Oliver Hart nasceu em 1958 em Londres e é docente da Universidade de Harvard (Massachusstes, Estados Unidos), enquanto o finlandês Bengt Halmström, nascido em 1949 em Helsínquia dá aulas de economia e gestão no Massachusetts Institute of Technology (MIT), também nos Estados Unidos.

Os académicos vão dividir um prémio de oito milhões de coroas, o equivalente a 826 mil euros.

O prémio Nobel da Economia é o único que foi criado pelo banco central sueco em 1968. Os outros foram estabelecidos em 1895 pelo inventor e filantropo sueco Alfred Nobel.

Este foi o quinto dos seis prémios Nobel que serão atribuídos este ano.

Na semana passada, foram anunciados os prémios da Medicina, Física e Química, bem como o da Paz, que distinguiu os esforços do presidente colombiano Juan Manuel Santos para acabar com um conflito de mais de meio século com as Forças Armadas Revolucionárias da Colômbia (FARC).

O último prémio, o da Literatura, vai ser anunciado na quinta-feira.

A Academia Sueca pode optar por romancistas "superstar" como o norte-americano Philip Roth ou o japonês Haruki Murakami ou por escritores menos conhecidos como o dramaturgo norueguês Jon Fosse ou o poeta sírio Adonis.

O prémio Nobel é composto por um diploma, uma medalha de ouro e um cheque no valor de oito milhões de coroas, que os laureados vão receber numa cerimónia em Estocolmo, no dia 10 de dezembro.

Com Lusa

  • Hospitais públicos à beira da rutura
    2:28
  • OMS inclui dependência dos videojogos na lista de doenças mentais

    Mundo

    A Organização Mundial de Saúde (OMS) incluiu a dependência de videojogos na lista de doenças mentais, uma possibilidade que tinha sido prevista no início do ano e que foi anunciada esta segunda-feira. Este pode ser mais um argumento para os pais limitarem o tempo de acesso dos filhos às consolas, computadores e todos os dispositivos com videojogos.

  • Repitam comigo: Portugal vai ser campeão do Mundo
    4:56
  • "Estou a ser posta porta fora (...) faço o que vocês me disserem"
    2:43
  • "Estamos a plantar fósforos"
    2:09

    Opinião

    O calor regressou esta segunda-feira em força e no terreno estiveram quase 1300 bombeiros a combater 70 fogos por todo o país. Depois da tragédia de Pedrógão Grande, o Presidente da República diz que a consciência do país mudou mas é preciso fazer mais. Já Miguel Sousa Tavares diz que o país está mais preparado para combater os incêndios do que alguma vez esteve. No entanto, o comentador da SIC diz que já foram plantados mais de "2500 hectares de eucaliptos" desde Pedrógão e que enquanto isso acontecer Portugal vai continuar a arder. 

    Miguel Sousa Tavares

  • Rapper XXXTentacion morto em aparente tentativa de roubo

    Cultura

    O rapper norte-americano XXXTentacion, de 20 anos, morreu na noite de segunda-feira depois de ter sido baleado, na Florida, no sudeste dos Estados Unidos. Um dos suspeitos terá disparado e atingido o rapper e, de seguida, dois suspeitos fugiram numa viatura escura. A polícia está a considerar tentativa de roubo.