sicnot

Perfil

Economia

Costa defende junção de forças entre Portugal e China para cooperação nos países lusófonos

ESTELA SILVA/LUSA

O primeiro-ministro, António Costa, manifestou-se hoje favorável a uma junção de "forças" entre Portugal e a China para a promoção de uma cooperação triangular com os restantes países lusófonos em áreas como a agricultura, infraestruturas e educação.

António Costa falava na cerimónia de abertura da 5.ª Conferência Ministerial do Fórum Macau para a Cooperação Económica e Comercial entre a China e os Países de Língua Portuguesa, sessão cujo primeiro discurso foi proferido pelo primeiro-ministro chinês, Li Keqiang.

Num discurso com pouco mais de dez minutos, António Costa referiu-se de passagem ao quadro de relações institucionais e empresariais entre Portugal e a China na sequência da sua visita oficial a este país, que se iniciou no sábado passado e que termina na quarta-feira.

"Além da cooperação bilateral entre os dois países, há uma disponibilidade mútua para a cooperação triangular" no espaço lusófono, acentuou.

A seguir, António Costa frisou que Portugal "tem inteira disponibilidade para desenvolver projetos de cooperação triangular com a China em outras regiões onde ambos os países possam beneficiar das sinergias entre diferentes operadores económicos".

O primeiro-ministro especificou então que essa cooperação triangular pode incidir nos campos da agricultura, a educação, a proteção ambiental, as infraestruturas e as energias renováveis.

"Juntando forças, Portugal e a China, à força do Brasil, à força de cada um dos países africanos de língua portuguesa, poderemos todos e cada um fazer mais em conjunto do que qualquer um de nós pode fazer em separado. Pela sua condição de membro da União Europeia, Portugal é uma plataforma de contacto importante entre as diferentes economias representadas neste fórum e a Europa", sustentou o primeiro-ministro.

Na sua intervenção, António Costa voltou a advogar a ideia de Macau como plataforma de ligação entre a China e os países de língua portuguesa.

Neste ponto, o primeiro-ministro salientou a ligação histórica de meio milénio de Portugal a Macau, mas também "a forma ordenada" como decorreu a transição da administração do território para a República Popular da China a 20 de dezembro de 1999.

Lusa

  • Não há risco de colapso do viaduto de Alcântara
    1:35

    País

    O desvio de um pilar do viaduto de Alcântara obrigou esta quarta-feira ao corte do trânsito e da circulação de comboios da linha de Cascais. O estrago terá sido provocado por um camião que embateu na estrutura durante a noite. A circulação ferroviária foi retomada a meio da manhã, mas o viaduto só será reaberto esta quinta-feira.

  • Suspeito de homicídio à porta do Luanda foi ouvido em tribunal e ficou em preventiva
    1:36

    País

    O suspeito de ser o autor dos disparos que mataram um jovem junto à discoteca Luanda foi ouvido em tribunal e ficou em prisão preventiva. Segundo a investigação, tudo terá começado com um mero desacato, ainda dentro da discoteca, onde a vitima e o detido foram filmados a discutir. O homem de 23 anos está indiciado por dois crimes de homicídio, um na forma tentada.

  • Romeu e Julieta nasceram no mesmo dia e no mesmo hospital

    Mundo

    Na Carolina do Sul, nos EUA, dois bebés tinham o parto marcado para 26 de março mas decidiram nascer mais cedo: exatamente no mesmo dia, apenas com uma diferença de 18 horas. Os pais não se conheciam e, curiosamente, deram o nome aos recém nascidos de Romeo e Juliet (em português, Romeu e Julieta).

  • Túmulo de Jesus Cristo restaurado

    Mundo

    Após 10 meses de obras de restauro, o túmulo onde Jesus Cristo terá sido sepultado foi esta quarta-feira revelado numa cerimónia na igreja do Santo Sepulcro, em Jerusalém.