sicnot

Perfil

Economia

Presidente do Wells Fargo sai do cargo depois do escândalo das contas falsas

O presidente do banco Wells Fargo, John Stumpf, saiu do cargo, oficialmente por motivos de reforma, com efeitos imediatos, no seguimento do escândalo das contas falsas, anunciou esta quarta-feira a instituição financeira baseada em San Francisco.

A partida de Stumpf de um dos principais conglomerados financeiros dos EUA culmina uma crescente indignação pública, depois de o banco ter admitido, em setembro, que os seus empregados abriram milhões de contas bancárias e de cartões de crédito sem os clientes saberem, para cumprirem objetivos de vendas.

Em debates acalorados no Congresso, os congressistas já tinham reclamado a demissão de John Stumpf e denunciado a sua incapacidade de assegurar um comportamento responsável por parte dos gestores seniores.

Lusa

  • Luís Pina indiciado por quatro crimes de tentativa de homicídio
    2:24
  • Ministro "mais descansado" com relatório sobre Almaraz, ambientalistas contestam
    2:01

    País

    O ministro do Ambiente diz estar mais descansado depois de conhecer o relatório técnico que considera o armazém de resíduos nucleares em Almaraz uma solução adequada. Já as associações ambientalistas e os partidos criticam o parecer positivo à construção e querem ouvir os ministros do Ambiente e dos Negócios Estrangeiros no Parlamento.

  • Marcelo recebido por multidão na Ovibeja
    2:52
  • Líderes europeus unidos para iniciar saída do Reino Unido
    2:08
  • 100 dias de Trump em 04'30''
    4:33

    Pequenas grandes histórias

    Donald Trump tomou posse como 45º Presidente dos EUA dia 20 de janeiro de 2017, faz este sábado, 100 dias. Prometeu grandes mudanças, mas os planos acabaram por chocar de frente com a realidade e a burocracia de Washington, como foi o caso do Obamacare. Foi a primeira ordem executiva que assinou, no dia em que tomou posse, mas a revogação está longe de acontecer.