sicnot

Perfil

Economia

Correia de Campos eleito para a presidência do CES

O antigo ministro socialista Correia de Campos foi hoje eleito para o cargo de presidente do Conselho Económico Social (CES), com 146 votos favoráveis entre os 219 deputados votantes, quando precisava de dois terços de aprovações.

Correia de Campos, que falhou uma primeira eleição para o cargo a 20 de julho, conseguiu agora assegurar o número mínimo de votos necessários. Se tivesse obtido 145 votos, ou seja, menos um, teria voltado a não ser eleito.

Segundo fonte parlamentar, na votação para o cargo de presidente do CES, que decorreu durante a manhã na Assembleia da República, registaram-se ainda 54 votos brancos e 19 nulos.

Esta manhã decorreram ainda eleições para o Conselho de Opinião da Rádio e Televisão de Portugal, tendo sido eleitos Pedro Lomba, Ribeiro Cristovão, Jose Luís Mendonça, Vítor Hugo Pinho, Estrela Serrano, José Manuel Guinote, Maria Emília Brederote dos Santos, Diogo Belford, Fernando Correia e Diana Andringa.

Para o Conselho de Opinião da Rádio e Televisão de Portugal votaram 219 deputados, tendo sido registados 193 votos favoráveis, 19 brancos e 7 nulos.

Para a Comissão de Acesso aos Documentos Administrativos foram eleitos Carlos Abreu Amorim e Pedro Delgados Alves, que obtiveram 157 votos favoráveis. Entre os 219 votantes, registaram-se ainda 55 votos brancos e 7 nulos.

Lusa

  • Como não perder Barack e Michelle Obama nas redes sociais

    Mundo

    Sair da Casa Branca implica mais que reunir objetos físicos: é preciso guardar também os tweets, os posts e todo o conteúdo digital produzido nos últimos oito anos pelo Presidente dos EUA e pela primeira-dama. A equipa de Barack Obama já preparou tudo para que nada se perca do seu legado digital.

  • Portugueses querem contratar Obama

    Mundo

    Contratar Barack Obama. Pode parecer uma tarefa impossível, mas para a startup portuguesa Swonkie a única resposta a este desafio é "Yes We Can", mote da campanha presidencial de Obama de há nove anos.

  • Artista que criou poster de Obama quer invadir EUA com símbolos de esperança

    Mundo

    Shepard Fairey - o artista por trás do tão conhecido cartaz vermelho e azul "Hope" de Barack Obama, durante a campanha eleitoral de 2008 nos EUA - produziu uma série de novas imagens a tempo da tomada de posse de Donald Trump, na sexta-feira. Agora, o artista e a sua equipa querem manifestar uma posição política com a campanha "We The People", contra as ideias que o Presidente eleito tem defendido.