sicnot

Perfil

Economia

Audição sobre congelamento de fundos só deverá acontecer a 8 de novembro

O plenário do Parlamento Europeu, em Estrasburgo.

© Vincent Kessler / Reuters

A audição com os ministros das Finanças de Portugal e Espanha sobre o congelamento de fundos foi adiada e só deverá acontecer a 8 de novembro, na sede do Parlamento Europeu, em Bruxelas.

A data ainda não está fechada, mas é uma hipótese em cima da mesa já que os dois ministros deverão estar em Bruxelas nesse dia para a reunião mensal de ministros das Finanças.

Mário Centeno tinha garantido a disponibilidade para ir a Estrasburgo para apresentar os argumentos contra a suspensão de parte dos fundos comunitários em 2017.

Fonte da Presidência do Parlamento Europeu confirmou à SIC que as audições com os Governos de Portugal e Espanha já não serão para a semana. Entre as razões, estarão dificuldades de agenda do ministro espanhol, Luis de Guindos.

O adiamento das audições deverá também contribuir para o arrastar do processo de decisão da Comissão sobre o congelamento de fundos.

  • Os negócios menos claros do filho de Pinto da Costa
    1:55
  • BCE autoriza CGD a avançar com recapitalização

    Caso CGD

    A Caixa Geral de Depósitos informou esta sexta-feira que vai prosseguir com as operações da primeira fase do aumento de capital, depois de ter obtido autorização para isso junto do Banco Central Europeu (BCE) e do Banco de Portugal.

  • Condutores apanhados a mais de 200 em corridas ilegais na Ponte Vasco da Gama
    1:25
  • A história da guerra em Alepo
    7:43
  • Reino Unido em alerta máximo de terrorismo

    Mundo

    O Reino Unido elevou o alerta de terrorismo para o nível máximo depois das declarações, esta quinta-feira, do chefe das secretas britânicas. O diretor do MI6 está preocupado com eventuais ataques contra o Reino Unido e outros aliados.

  • Uma "cidade fantasma" na Letónia
    3:10
  • O anúncio de natal que está a emocionar o mundo
    1:47