sicnot

Perfil

Economia

Greve dos trabalhadores da Groundforce e Portway entre o Natal e o Ano Novo

Os trabalhadores da Groundforce e da Portway estão em greve de 28 a 30 de dezembro, em simultâneo com os trabalhadores da segurança, o que poderá causar perturbações nos aeroportos portugueses entre o Natal e o Ano Novo.

O Sindicato dos Trabalhadores da Aviação e Aeroportos (Sitava) emitiu pré-avisos de greve das 00:00 horas do dia 28 de dezembro às 24:00 de 30 de dezembro de 2016 para a Groundforce e para a Portway, as duas principais empresas que fazem a assistência de pessoas e bagagem nos aeroportos nacionais.

"Esta paralisação é na defesa dos trabalhadores, das empresas e do setor, mas também do turismo e da economia nacional", justifica o Sitava nos pré-avisos de greve, apontando o dedo à Autoridade Nacional da Aviação Civil (ANAC), que acusa de ser responsável pelo "licenciamento ilegal da operação Ryanair/Groundlink" e pelo impasse que se vive na TAP.

Já na semana passada, o Sitava convocou uma greve dos trabalhadores da segurança nos aeroportos, das empresas Prosegur e Securitas, de 27 e 29 de dezembro, por não ter sido alcançado um acordo sobre o novo Contrato Coletivo de Trabalho com a Associação de Empresas de Segurança.

Os trabalhadores das empresas Prosegur e Securitas são quem assegura o raio-x da bagagem de mão e o controlo dos passageiros e também dos trabalhadores do aeroporto, pelo que uma greve poderá ter impacto no tráfego aeroportuário, sobretudo durante esta época festiva.

Entretanto, foi também convocada uma greve na Groundforce para 24 de dezembro, véspera de Natal, pelo Sindicato Nacional dos Trabalhadores da Aviação Civil (SINTAC).

Questionado pela Lusa sobre o impacto destas três greves, fonte oficial da ANA - Aeroportos de Portugal disse que "a empresa está atenta, acompanha a situação e tudo fará para minimizar os problemas que possam vir a ocorrer".

Lusa

  • Groundforce e Portway deverão cumprir greve no fim do ano

    Economia

    Os trabalhadores de handling da Groundforce e da Portway deverão fazer greve e cumprir protesto entre os dias 28 e 30 de dezembro. A decisão final só será anunciada depois do natal. Esta segunda-feira, o Sitava convocou uma concentração que juntou algumas dezenas de funcionários à porta da Autoridade Nacional da Aviação Civil, em Lisboa.

  • Sete dos 23 arguidos do caso da Academia de Alcochete já têm cadastro
    1:59

    Crise no Sporting

    Sete dos 23 arguidos do caso da Academia de Alcochete já foram condenados por 22 crimes que cometeram no passado, mas nunca nenhum deles cumpriu pena de prisão ou prisão domiciliária. O juiz decretou a prisão preventiva na sequência das agressões à equipa do Sporting por entender que se tratou de um comportamento chocante, terrorista e a perversão do espírito desportivo.

  • Está a pensar ir à praia? Não se esqueça do guarda-chuva
    0:43
  • Abate de animais nos canis proibido a partir de setembro
    1:35

    País

    O abate de animais nos canis passa a ser proibido a partir de setembro. Só em 2017, foram mortos cerca de 12 mil cães e gatos, uma média de um abate por hora. O Governo lançou um programa de incentivos financeiros de um milhão de euros, que ainda está a decorrer.

  • Cabazes solidários oferecidos pelo Governo encontrados no lixo
    0:57
  • Colheita da cereja já arrancou no Fundão
    1:54

    País

    A colheita das primeiras cerejas da época já começou no Fundão. A campanha atrasou um mês em relação a anos anteriores, por causa do inverno que se prolongou, mas os produtores garantem que o fruto é de qualidade.