Economia

Greve dos trabalhadores da Groundforce e Portway entre o Natal e o Ano Novo

Os trabalhadores da Groundforce e da Portway estão em greve de 28 a 30 de dezembro, em simultâneo com os trabalhadores da segurança, o que poderá causar perturbações nos aeroportos portugueses entre o Natal e o Ano Novo.

O Sindicato dos Trabalhadores da Aviação e Aeroportos (Sitava) emitiu pré-avisos de greve das 00:00 horas do dia 28 de dezembro às 24:00 de 30 de dezembro de 2016 para a Groundforce e para a Portway, as duas principais empresas que fazem a assistência de pessoas e bagagem nos aeroportos nacionais.

"Esta paralisação é na defesa dos trabalhadores, das empresas e do setor, mas também do turismo e da economia nacional", justifica o Sitava nos pré-avisos de greve, apontando o dedo à Autoridade Nacional da Aviação Civil (ANAC), que acusa de ser responsável pelo "licenciamento ilegal da operação Ryanair/Groundlink" e pelo impasse que se vive na TAP.

Já na semana passada, o Sitava convocou uma greve dos trabalhadores da segurança nos aeroportos, das empresas Prosegur e Securitas, de 27 e 29 de dezembro, por não ter sido alcançado um acordo sobre o novo Contrato Coletivo de Trabalho com a Associação de Empresas de Segurança.

Os trabalhadores das empresas Prosegur e Securitas são quem assegura o raio-x da bagagem de mão e o controlo dos passageiros e também dos trabalhadores do aeroporto, pelo que uma greve poderá ter impacto no tráfego aeroportuário, sobretudo durante esta época festiva.

Entretanto, foi também convocada uma greve na Groundforce para 24 de dezembro, véspera de Natal, pelo Sindicato Nacional dos Trabalhadores da Aviação Civil (SINTAC).

Questionado pela Lusa sobre o impacto destas três greves, fonte oficial da ANA - Aeroportos de Portugal disse que "a empresa está atenta, acompanha a situação e tudo fará para minimizar os problemas que possam vir a ocorrer".

Lusa

  • Groundforce e Portway deverão cumprir greve no fim do ano

    Economia

    Os trabalhadores de handling da Groundforce e da Portway deverão fazer greve e cumprir protesto entre os dias 28 e 30 de dezembro. A decisão final só será anunciada depois do natal. Esta segunda-feira, o Sitava convocou uma concentração que juntou algumas dezenas de funcionários à porta da Autoridade Nacional da Aviação Civil, em Lisboa.

  • "A bebedeira passa, o resto não!"
    2:48

    País

    O INEM socorreu mais de mil menores em coma alcoólico, no ano passado. Por isso, os adolescentes são o alvo da campanha lançada esta sexta-feira pelo Governo: "A bebedeira passa, o resto não!"

  • Sabe que pode estar a pagar 100€ a mais na fatura do gás?
    2:29

    Economia

    A maior parte das empresas fornecedoras de gás continua a cobrar aos clientes a taxa de ocupação do subsolo ao clientes, apesar da lei dizer que deve ser paga pelas empresas desde janeiro de 2017. Cada Câmara Municipal cobra o que entende e há autarquias que não cobram nada. Em alguns casos podemos estar a falar de mais de 8 euros por mês, ou seja, mais de 100 euros por ano.

  • As técnicas e o currículo polémico do Dr. Bumbum
    2:10

    Mundo

    Uma mulher morreu após uma operação aos glúteos, feita na casa de um cirurgião plástico conhecido no Brasil por Dr. Bumbum. Depois de quatro dias em fuga, o homem entregou-se às autoridades. O médico operava as mulheres em casa e no currículo tem um curso que não acabou e pós-graduações que não são reconhecidas.

  • Ir ao Douro e à Nazaré
    25:57
  • O convite que causou surpresa até na Casa Branca
    2:33