sicnot

Perfil

Economia

Descida da TSU vai custar 40 milhões à Segurança Social

Descida da TSU vai custar 40 milhões à Segurança Social

O dinheiro que a Segurança Social vai perder com a descida da TSU para as empresas - dada como contrapartida para a subida do salário mínimo - vai ser pago com dinheiro do Orçamento do Estado. São cerca de 40 milhões de euros. O Bloco de Esquerda e PCP não concordam com a decisão.

  • Descida da TSU será paga pelo Orçamento do Estado

    TSU/PEC

    O acordo para o aumento do salário mínimo prevê que a perda de receita para a Segurança Social com a descida da TSU seja compensada com dinheiro do Orçamento do Estado, noticia o semanário Expresso. Os partidos da esquerda não concordam.

  • Descida da TSU não serve para subsidiar aumento do salário mínimo
    0:36

    Economia

    Vieira da Silva diz que alguns comentadores deram a entender que quem vai pagar o aumento do salário mínimo são os contribuintes. Numa conferência do jornal online ECO, o ministro do Trabalho disse hoje que a descida da TSU não serve para subsidiar o aumento do salário mínimo e afirma que os valores em causa são relativamente pequenos.

  • Esquerda critica o Governo na descida da TSU
    2:28

    País

    A descida da Taxa Social Única (TSU) para as empresas, como contrapartida pelo aumento do salário mínimo nacional, está a causar desconforto aos partidos da esquerda. O Bloco de Esquerda, o PCP e os Verdes consideram que o Governo cedeu aos patrões. Nesse sentido os partidos vão pedir que o diploma seja votado no Parlamento.

  • Cinco anos depois do incêndio na Serra do Caldeirão
    5:24
  • Destaques económicos que marcaram a semana
    2:03

    Economia

    A semana ficou marcada pela tragédia provocada pelos incêndios no centro do país. No entanto importa olhar para o que se passou noutras áreas e fazer um resumo das notícias relacionadas com a economia. 

  • Martin Schulz ataca Merkel a três meses das legislativas

    Mundo

    O social-democrata alemão Martin Schulz passou este domingo à ofensiva, a três meses das eleições legislativas, ao acusar Angela Merkel de "arrogância" e de sabotar a "democracia", quando as sondagens apontam para uma larga vantagem da chanceler da Alemanha.

  • Martha, a cadela mais feia do mundo
    0:42

    Mundo

    A cadela Martha, de raça mastim napolitano ficou em primeiro lugar na edição anual do concurso que elege os cães mais feios do mundo. A cadela tem três anos, pesa 57 quilos e foi resgatada pela dona quando estava praticamente cega. Acabou por recuperar a visão depois de várias operações. Martha e a dona receberam um prémio de 1.500 dólares e uma viagem a Nova Iorque para marcarem presença em programas de televisão.