sicnot

Perfil

Economia

Domingues antecipa lucros de 200 milhões de euros para a CGD em 2017

O ex-presidente da Caixa Geral de Depósitos (CGD) António Domingues considerou esta quarta-feira que a reestruturação em curso no banco deve permitir alcançar um lucro de 200 milhões de euros este ano e de 700 milhões de euros em 2020.

"Em 2017 a CGD terá um resultado positivo na ordem dos 200 milhões de euros e, em 2020, de 700 milhões de euros, remunerando os capitais investidos à ordem dos 9%", afirmou esta quarta-feira o gestor que deixou a liderança da CGD no final do ano passado, após quatro meses em funções.

Domingues realçou que estas projeções são feitas tendo por base um "cenário conservador", em que se estendam até 2019 as taxas de juro a 0%.

"Gerir não é gerir para os dias de sol, mas para os riscos que existem", alertou.

Lusa

  • Centeno diz que negociações com António Domingues se focaram nas remunerações e incentivos
    1:24

    Economia

    Em entrevista ao Diário de Notícias, Mário Centeno diz que no final da próxima semana a nova administração da Caixa entrará em funções. O ministro das Finanças diz que as negociações para que António Domingues assumisse a liderança da CGD se centraram sempre nas remunerações e incentivos, e não na declaração de rendimentos. O ministro disse ainda que "a tentativa de generalizar SMS como se fossem Facebooks não funciona", sobre as acusações do PSD de que a Caixa estará a ser gerida por mensagens de telemóvel e e-mails.

  • PSD diz que situação da CGD está a ser gerida por SMS e email
    0:46

    Caso CGD

    O PSD já reagiu à troca de acusações entre António Domingues e o Governo por causa da saída do presidente da Caixa Geral de Depósitos. Os sociais-democratas dizem que o banco público tem estado a ser gerido por emails e mensagens, e que o facto do processo de recapitalização se iniciar sem uma nova administração em funções é prejudicial para a credibilidade do banco.

  • CGD tentou comprar dois bancos em Espanha

    Caso CGD

    O antigo presidente da Caixa Geral de Depósitos (CGD) António de Sousa confirmou esta terça-feira a tentativa de compra de dois bancos em Espanha, que a ex-ministra das Finanças Manuela Ferreira Leite já tinha revelado no parlamento.

  • Militares tentam acabar com guerra entre traficantes na Rocinha, Rio de Janeiro
    3:07

    Mundo

    As últimas horas têm sido de tensão no Rio de Janeiro depois dos tiroteios que começaram desde que uma das principais favelas da cidade foi ocupada por militares na sexta-feira. As forças federais foram acionadas para auxiliarem a polícia, que há vários dias tenta acabar com a guerra entre fações de traficantes de droga.

  • Irão lança míssil de médio alcance
    1:13

    Mundo

    Três dias depois do discurso hostil de Donald Trump nas Nações Unidas, o Irão testou um novo míssil de médio alcance que atingiu uma altura de dois mil quilómetros. Teerão diz que o teste não viola o acordo nuclear.

  • Trump renovou as ameaças à Coreia do Norte
    1:30
  • Guterres apela à Coreia do Norte para cumprir resoluções

    Mundo

    O secretário-geral das Nações Unidas, António Guterres, apelou este sábado ao ministro do Exterior da Coreia do Norte, Ri Yong Ho, para o cumprimento das resoluções que o Conselho de Segurança impôs ao país em resposta à sua escalada armada.

  • Atrás das Câmaras em Pedrógão Grande
    3:37
    Atrás das Câmaras

    Atrás das Câmaras

    DIARIAMENTE NA SIC E SIC NOTÍCIAS

    A carrinha do "Atrás das Câmaras" continua pelo país a mostrar aquilo que alguns políticos ignoram. Este sábado a equipa da SIC esteve em Pedrógão Grande, 99 dias após o incêndio que fez 64 mortos e 200 feridos.

  • Morreu Charles Bradley, uma das lendas do soul

    Cultura

    O cantor Charles Bradley morreu este sábado aos 68 anos. O músico norte-americano foi diagnosticado com cancro no ano passado. A notícia da morte foi confirmada na página oficial do cantor no Facebook.