sicnot

Perfil

Economia

FMI ligeiramente mais otimista no desempenho da economia da zona euro em 2017 e 2018

A líder do FMI, Christine Lagarde

© Philippe Wojazer / Reuters

O Fundo Monetário Internacional (FMI) está ligeiramente mais otimista relativamente à economia da zona euro, prevendo um crescimento de 1,6% este ano, mas mantém a projeção para 2018. No "World Economic Outlook" publicado esta segunda-feira, o FMI estima que o Produto Interno Bruto (PIB) da zona euro cresça 1,6% este ano, contra uma projeção de 1,5% realizada em outubro.

Para 2018, o FMI antecipa uma manutenção do crescimento dos países que partilham a moeda única europeia, nos 1,6%, igual à projeção efetuada em outubro.

Segundo as previsões do Fundo, a economia germânica deverá crescer 1,5%, tanto este ano como no próximo (uma revisão em alta de 0,1 pontos face às projeções anteriores), e a economia espanhola deverá aumentar 2,3% em 2017 e 2,1% em 2018 (o que representa uma melhoria de 0,1 e 0,2 pontos percentuais, respetivamente).

Já no caso francês, a instituição liderada por Christine Lagarde reviu em baixa as projeções feitas há três meses para 0,7% em 2017 (menos 0,2 pontos percentuais) e 0,8% em 2018 (menos 0,3 pontos percentuais).

No Reino Unido, o Fundo está mais otimista em 2017, com uma projeção de crescimento 0,4 pontos percentuais acima da realizada em outubro, para 1,5%, mas mais pessimista para 2018, piorando em 0,3 pontos percentuais as projeções, para os 1,4%.

No discurso de abertura da conferência de imprensa, o economista-chefe do FMI, Maurice Obstfeld, referiu, no entanto, que, na Europa, as condições de saída do Reino Unido da União Europeia e as suas repercussões são ainda incertas.

O FMI manteve as previsões feitas em outubro para o crescimento global, antecipando que a economia cresça 3,4% este ano e 3,6% no próximo.Na atualização ao World Economic Outlook, o FMI diz que a atividade económica deve ganhar ritmo em 2017 e 2018, especialmente em mercados emergentes e economias em desenvolvimento.

Lusa

  • Patinadora enfrenta "pesadelo" nos Olímpicos

    Desporto

    A patinadora Gabriella Papadakis enfrentou na segunda-feira um dos "piores pesadelos" da sua vida, durante a estreia nos Jogos Olímpicos de Inverno, em Pyeongchang, na Coreia do Sul. Durante a apresentação, a parte de cima do vestido da francesa saiu do lugar e revelou parte do seu seio. Mas este não foi o único caso de incidentes com figurinos. Também a sul-coreana Yura Min quase ficou despida durante a sua apresentação.

    SIC

  • O vestido de Jennifer Lawrence que está a dar que falar

    Cultura

    Jennifer Lawrence escolheu um vestido arrojado para usar na sessão fotografia do próximo filme e a internet reagiu. Muitas foram as críticas feitas, que davam conta de uma roupa "demasiado reveladora" para o frio que se fazia sentir em Londres. Mas Jennifer Lawrence não deixou passar, criticando os comentários "sexistas" e "nada feministas".

    SIC

  • Proposta criação de 77 mil empregos através de uma descida da TSU
    1:23
  • Governo enfrenta vaga de contestação
    2:35

    Economia

    O Governo enfrenta uma onda de contestação. Guardas prisionais, procuradores, professores, médicos e enfermeiros descontentes ameaçam com greves nos diferentes setores, já nos meses de março e abril.

  • 296 mortos em 2 dias de bombardeamentos em Ghouta Oriental
    2:16
  • Tiroteio na Florida foi o 18.º registado em meio escolar nos EUA desde janeiro
    1:25