sicnot

Perfil

Economia

Portugal coloca 1.750 M€ de dívida a 6 e 12 meses a juros negativos e mais baixos

A dívida dos municípios, em 2014, totalizou 6234 milhões de euros, com uma redução de 488,5 milhões de euros, traduzindo-se na "menor dívida dos últimos oito anos", relacionada principalmente com fornecedores, explicou o presidente do Instituto Politécnico do Cávado e do Ave (IPCA).

SIC

Portugal colocou esta quarta-feira 1.750 milhões de euros, montante acima do máximo anunciado, em Bilhetes do Tesouro a seis e 12 meses a taxas de juro negativas e inferiores às dos anteriores leilões comparáveis, foi anunciado.

Segundo a página da Agência de Gestão da Tesouraria e da Dívida Pública (IGCP) na Bloomberg, a 12 meses foram colocados 1.400 milhões de euros em Bilhetes do Tesouro (BT) à taxa de juro de -0,047%, de novo negativa e inferior à registada em 16 de novembro de 2015, quando foram colocados 1.250 milhões de euros a uma taxa positiva de 0,005%.

A taxa de juro dos BT a 12 meses já tinha sido negativa, designadamente em 21 de setembro de 2015, quando foram colocados 1.750 milhões de euros a -0,014%.

A seis meses, foram colocados 350 milhões de euros em BT à taxa de -0,091%, mais negativa do que a verificada também em 16 de novembro, quando foram colocados 250 milhões de euros a um juro de -0,027%.

A procura atingiu 2.167 milhões de euros para os BT a 12 meses, 1,55 vezes superior ao montante colocado, e 1.235 milhões de euros para os BT a seis meses, 3,53 vezes o montante colocado.

O IGCP tinha anunciado para esta quarta-feira dois leilões de BT a seis e 12 meses entre 1.250 milhões de euros e o montante máximo de 1.500 milhões de euros com maturidades em 21 de julho de 2017 e em 19 de janeiro de 2019, respetivamente.

No programa de financiamento do Estado para 2017, a agência que gere a dívida pública portuguesa afirma que espera que o financiamento líquido resultante da emissão de BT tenha "um impacto nulo" e adianta que "será mantida a estratégia de emissão ao longo de toda a curva, combinando prazos curtos com prazos longos".

Ao longo de 2017, o IGCP pretende também emitir entre 14 a 16 mil milhões de euros em Obrigações do Tesouro, através de emissões mensais.

Em termos líquidos, a República portuguesa precisa de um financiamento de 12,5 mil milhões de euros para este ano, num valor que inclui 2,7 mil milhões euros de fundos associados à recapitalização da CGD, que já se encontram financiados.

Lusa

  • Não há risco de colapso do viaduto de Alcântara
    1:35

    País

    O desvio de um pilar do viaduto de Alcântara obrigou esta quarta-feira ao corte do trânsito e da circulação de comboios da linha de Cascais. O estrago terá sido provocado por um camião que embateu na estrutura. A circulação ferroviária foi retomada a meio da manhã, mas o viaduto só será reaberto esta quinta-feira.

  • Suspeito de homicídio à porta do Luanda foi ouvido em tribunal e ficou em preventiva
    1:36

    País

    O suspeito de ser o autor dos disparos que mataram um jovem junto à discoteca Luanda foi ouvido em tribunal e ficou em prisão preventiva. Segundo a investigação, tudo terá começado com um mero desacato, ainda dentro da discoteca, onde a vítima e o detido foram filmados a discutir. O homem de 23 anos está indiciado por dois crimes de homicídio, um na forma tentada.

  • Romeu e Julieta nasceram no mesmo dia e no mesmo hospital

    Mundo

    Na Carolina do Sul, nos EUA, dois bebés tinham o parto marcado para 26 de março mas decidiram nascer mais cedo: exatamente no mesmo dia, apenas com uma diferença de 18 horas. Os pais não se conheciam e, curiosamente, deram o nome aos recém nascidos de Romeo e Juliet (em português, Romeu e Julieta).

  • Gelo nos polos recua para recordes mínimos

    Mundo

    A extensão de gelo polar dos oceanos Ártico e Antártico atingiu recordes mínimos a 13 de fevereiro, perdendo o equivalente a uma área maior do que o México, informou esta quarta-feira a agência espacial norte-americana NASA.

  • Túmulo de Jesus Cristo restaurado

    Mundo

    Após 10 meses de obras de restauro, o túmulo onde Jesus Cristo terá sido sepultado foi esta quarta-feira revelado numa cerimónia na igreja do Santo Sepulcro, em Jerusalém.