sicnot

Perfil

Economia

2,1%: "défice de 2016 será o mais baixo da história da nossa democracia"

2,1%: "défice de 2016 será o mais baixo da história da nossa democracia"

O ministro das Finanças assegurou hoje que o défice orçamental de 2016 não será superior a 2,1% do PIB, considerando que os indicadores mais recentes da economia são "alicerces mais sólidos" e que ajudam à "saúde das contas públicas".

"O défice em 2016 será o mais baixo da história da nossa democracia e não será superior a 2,1%", afirmou esta quarta-feira Mário Centeno na comissão parlamentar de Orçamento, Finanças e Modernização Administrativa, onde está a ser ouvido esta manhã.

Depois de citar os números economia portuguesa divulgados na terça-feira pelo Instituto Nacional de Estatística (INE), que dão conta de um crescimento médio do Produto Interno Bruto (PIB) de 1,4% em 2016, o ministro afirmou que "Portugal possui hoje alicerces mais sólidos para garantir um crescimento económico sustentado e equitativo, mas também pela saúde das contas públicas".

Com Lusa

  • Bruxelas elogia evolução da economia nacional
    2:40

    Economia

    A Comissão Europeia elogiou esta segunda-feira evolução da economia portuguesa. No que toca ao crescimento, à descida do desemprego e ao défice, Bruxelas não só melhorou as previsões, como até ultrapassou as melhores expectativas do Governo. Ainda assim, deixa alguns alertas. Em comunicado, o Ministério das Finanças considera que a Comissão Europeia reconhece o sucesso da estratégia económica do Governo e confirma o seu realismo.

  • Bruxelas também prevê défice de 2,3% em 2016

    Economia

    A Comissão Europeia concorda com o Governo português na previsão do défice do ano passado. As previsões económicas de inverno, divulgadas hoje, são melhores do que as de outono, mas os técnicos de Bruxelas alertam que os problemas no sector bancário ainda podem estragar as contas.

  • Vídeo mostra passagem da carrinha a alta velocidade nas Ramblas
    0:33
  • O momento em que os suspeitos foram abatidos em Cambrils
    2:35

    Ataque em Barcelona

    Em Cambrils, também na Catalunha, foram mortos cinco alegados terroristas que atropelaram várias pessoas, uma morreu e seis ficaram feridas, quando escapavam a uma perseguição policial, esta madrugada. As autoridades investigam uma eventual relação entre os dois atentados. Nota: chamamos à atenção para a violência das imagens, que podem chocar os espetadores mais sensíveis.

  • Nível de ameaça terrorista em Portugal continua moderado
    1:31

    Ataque em Barcelona

    O primeiro-ministro garantiu hoje que, para já, o nível de ameaça terrorista em Portugal não vai ser alterado (o nível está no 4 em 5). Já o Presidente da República disse que não há tolerância possível e garante que há medidas preparadas caso o mesmo cenário venha a acontecer em Portugal.

  • Duas frentes "preocupantes" no concelho de Mação

    País

    A Proteção Civil chegou a dizer que a situação estava mais calma em Mação, mas durante a tarde desta sexta-feira surgiram duas frentes "preocupantes" junto às populações de Vale de Abelha e Ortiga, informou o presidente da Câmara.