sicnot

Perfil

Economia

Portugal coloca 1.250 M€ de dívida com juros ainda mais negativos

© Jose Manuel Ribeiro / Reuters

Portugal colocou hoje 1.250 milhões de euros em Bilhetes de Tesouro (BT) a três e 11 meses a taxas de juros médias negativas e inferiores às dos anteriores leilões comparáveis, foi hoje anunciado.

Segundo a página do IGCP - Agência de Gestão da Tesouraria e da Dívida Pública na Bloomberg, no prazo de 11 meses foram colocados hoje 1.000 milhões de euros à taxa de juro média de -0,096%, inferior à de 0,006% verificada no leilão precedente desta maturidade. A procura de BT a 11 meses atingiu 1.915 milhões de euros, 1,92 vezes o montante colocado.

Em relação aos BT a três meses, o IGCP colocou 250 milhões de euros a uma taxa de juro média negativa de -0,219%, também inferior à de -0,012%, verificada no anterior leilão comparável de 19 de outubro. O total de propostas dos investidores para esta maturidade atingiu 1.020 milhões de euros, mais de quatro vezes o montante colocado.

Em 19 de outubro do ano passado, o IGCP colocou 900 milhões de euros em BT a 11 meses a uma taxa de juro média de -0,006% e 350 milhões de euros em BT a três meses a uma taxa de juro média negativa de -0,012%.

O IGCP tinha anunciado para hoje a realização de dois leilões das linhas de Bilhetes do Tesouro com maturidades em 19 de maio de 2017 e 19 de janeiro de 2018, com um montante indicativo global entre os 1.000 milhões de euros e os 1.250 milhões de euros.

Lus

  • Cinco anos depois do incêndio na Serra do Caldeirão
    5:24
  • Destaques económicos que marcaram a semana
    2:03

    Economia

    A semana ficou marcada pela tragédia provocada pelos incêndios no centro do país. No entanto importa olhar para o que se passou noutras áreas e fazer um resumo das notícias relacionadas com a economia. 

  • Martin Schulz ataca Merkel a três meses das legislativas

    Mundo

    O social-democrata alemão Martin Schulz passou este domingo à ofensiva, a três meses das eleições legislativas, ao acusar Angela Merkel de "arrogância" e de sabotar a "democracia", quando as sondagens apontam para uma larga vantagem da chanceler da Alemanha.

  • Martha, a cadela mais feia do mundo
    0:42

    Mundo

    A cadela Martha, de raça mastim napolitano ficou em primeiro lugar na edição anual do concurso que elege os cães mais feios do mundo. A cadela tem três anos, pesa 57 quilos e foi resgatada pela dona quando estava praticamente cega. Acabou por recuperar a visão depois de várias operações. Martha e a dona receberam um prémio de 1.500 dólares e uma viagem a Nova Iorque para marcarem presença em programas de televisão.